sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Luar Cheia Lua

 

Era uma lua cheia.
Rua cheia.
Uma lua.
Nada meia.
E nem parece.
Toda nua.
Maré que cresce.
Uma grande lua cheia.
Que incendeia.
Alma crua.
Era a tua.
Sangue e veia.
Velha prece.
Me inclua.
Pois é uma lua cheia. 

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog

Você vai marcar a primeira opção?