quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Falsas alegrias de fim de ano!

http://2.bp.blogspot.com/-pgIwciYcKGw/UpDPJUCeg_I/AAAAAAABMis/PIfOIgNN1kA/s1600/mensagens-de-fim-de-ano+(3).jpg

Tudo bem que eu sou um chato, mas não consigo entender os motivos de tanta alegria nas festas de fim de ano e ano novo. Vejo gente que aparenta ser “séria” bêbada como um gambá, agindo das formas mais inconvenientes possíveis, tais como vomitar no tapete da sala do amigo ou urinar no jardim, à vista de todos, como se isto fosse a coisa mais natural do mundo.

No outro dia ele não se lembra de nada, nem mesmo do vexame de beijar a sogra na boca e declarar amor eterno ao cunhado que lhe deve todas “eu te amo, cara!”.

Algumas pessoas comem tudo que não podem, ficam doentes, gastam o que tem e o que não tem, levando cinco meses do ano seguinte para quitar as dívidas.

Entendo que a organização do tempo em dias com 24 horas, o mês com 30 dias e o ano com 365 dias é uma forma interessante de marcar fases, períodos de nossa vida, e nos auxiliar a nos organizar, fixar metas e medi-las, o que é muito importante e necessário, mas o mundo não acabou em 2012, como estava previsto, e não acabará tão cedo.

Ouvi falar que os cientistas do século 21, não mais precisos que o calendário maia que acabou sendo um fiasco, preveem o fim do mundo para daqui a quatro mil anos. Ou seriam quatro milhões de anos? Não importa, porque é “provável” que nenhum de nós esteja vivo para assistir! Assim, eu proponho que deixemos nossos quatro-mil-anos-netos (é assim que se diz?) se preocuparem com isto.

É evidente que as festas de fim de ano, com um consumo absurdo de álcool e outras drogas, em nome da alegria “feliz ano novo, querida” são uma manifestação falsa, despropositada e exagerada. Vamos comemorar com moderação, tomar alguma coisa mais forte que um refrigerante e comer algumas coisas “proibidas” pelos médicos, mas sem exagero. Vamos abraçar os verdadeiros amigos e, se estivermos sóbrios e realmente arrependidos das maldades que fizemos aos outros e interessados de verdade em perdoar aos nossos devedores, vamos abraçar a todos e chorar pelo ano velho que morre e pelo ano novo que nasce.

Não pague tanto mico, não vomite na calçada, não passe a primeira semana no banheiro ou no hospital, não vire a cara para aquele inimigo que você abraçou na virada do ano chorando e chamando de “meu irmão, sabe que eu te amo?”, declare seu amor verdadeiro pela mulher ou homem que realmente lhe interessa.

A vida prossegue, com ou sem calendário maia, com ou sem virada de ano, e isto é muito bom, pois a continuidade é que nos revigora, e não as falsas alegrias.

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Uma crônica para o Final de Ano

 

Mil simpatias a espera de um milhão de milagres.
Veste-se branco para paz, amarelo para dinheiro, verde para não-sei-o quê, e eu fico a me perguntar:
Qual será a cor de dentro? Que cor a alma está vestindo?
Essa alma que algo errado deve de ter, para esperar uma data especial para ter esperança de mudar, de agir, de buscar.
Faz-se lista de resoluções para o próximo ano!
Geralmente, sonhos empurrados com a barriga para um tempo seguinte, por pura preguiça de batalha.
 
Um minuto de silêncio. Analise seu ano até agora.
Você consegue definir seu sonho? Pense.
Enquanto isso, sugiro que descubras o "novo", do tal ano novo.
Por exemplo, será que tudo que nós cobramos, nós somos capazes de oferecer?
Tudo pode começar a mudar agora mesmo.

Comecemos olhando para o passado recente... o que foi feito deste ano?
Você fez sentido?
Sorriu com alguém? Descobriu algo novo? Trabalhou até cansar? Abraçou efusivamente?
Olhou-se no espelho? Programou uma viagem?
Se a maior parte das respostas foi um sonoro "não", então está explicado!
Um ano novo não começa para quem não é capaz de se fazer NOVO.
Óbvio que também, nem tudo são flores. Certamente adquiriram-se contas, tiveram-se aporrinhações, momentos de desespero, entre tantos outros aborrecimentos...
Mas o que a maioria encara como problema, eu chamo de vida...afinal, antes de encantar-se com o fim da viagem, deve-se curtir a estrada e seus contornos.

Volte a olhar para frente agora. Que de hoje em diante, a gente converse mais, comece a falar alto, baixo, lenta ou rapidamente. Que tenhamos noção de que ouvir é essencial.
Mas antes, é preciso dizer que se hoje somos adultos, antes disso, somos humanos e precisamos de certas doses de aventura sadia para que tudo faça sentido.
De resto, sobram as contas, as dores, as mágoas e os afazeres domésticos.
Chegou a hora de sorrir mais, escutar mais! Leia mais e escreva, escreva muito.
Um dia seus filhos vão ler e terão orgulho de tudo isso.

A propósito: Conseguiu definir seu sonho?
Já sabe o que quer fazer no próximo final de semana?
Então, se o seu sonho é ir a Amsterdam e declamar um poema em uma ponte, o que você está esperando que ainda não aprendeu a decorar. Ou se sonhas em ir a Fernando de Noronha mergulhar com os golfinhos, corra! Ainda há tempo para aprender a mergulhar.
Não existe "se der", existe apenas "já foi!"

Esqueça de que "ser feliz" é esperança! Deixe as fitinhas, os desejos e as "mandingas" em segundo plano e projete-se. A partir de agora "viver" plenamente deixa de ser um sonho e passa a ser, a nossa pele. Jean-Paul Sartre já dizia que “o homem nada mais é do que aquilo que ele faz de si mesmo”.

Realizemos nossos sonhos!
Mostremos nossa garra!
Encare a vida com criatividade, sinergia e intensidade!
Mude,aconteça, seja! Seja o que bem entender.
JAMAIS VOCÊ IRÁ SE RECUPERAR DE UM ANO EM QUE SUA VIDA FEZ SENTIDO!
Se tudo muda a todo momento, um ano novo pode-se começar agora mesmo.
CORRA, restam 2 dias para se fazer melhor! 

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

14 cervejas para você experimentar antes do fim do ano!

 


Não, eu não estou falando de cervejas como Antártica, Brahma, Kaiser, entre as tantas outras que todo mundo já está acostumado a beber em qualquer barzinho 24 horas...
Pensem em uma lista multifuncional, que ajuda a escolher os presentes para os amigos secretos, para o sogro, para você mesmo, para curtir com a namorada, para aproveitar as festas de fim de ano…
Divirtam-se!

19/12 – Sexta

Para começar o fim de semana em alta, uma das grandes cervejas do ano no Brasil, Polimango, uma Double IPA que surgiu de uma parceria dos gaúchos da Tupiniquim com os suecos da Omnipollo. Amargor acentuado e álcool lá em cima (9,5%), mas amanhã é sábado!

20/12 – Sábado

Para manter o ritmo acelerado, outra parceria internacional: Hello, My Name Is Zé, uma India Pale Ale de 6.4% de álcool que surgiu da parceria dos cariocas da cervejaria 2Cabeças com os escoceses da Brewdog! É feita lá, mas encontra-se com facilidade aqui.

21/12 – Domingo

Uma italiana provocante, a Baladin Wayan é uma Saison (estilo belga) com nove especiarias (cinco são pimenta, mas ainda há camomila, canela e coentro) além de casca de laranja e bergamota. Há azedume na garganta e efervescência na língua. Uma delícia!

22/12 – Segunda

Para começar a semana do Natal devagar (e sempre), apreciando o tempo, que tal uma boa bitter inglesa? A indicada é a Young’s Special London Ale, uma English Strong Ale (com 6.5%) que une o melhor da escola bitter britânica com um aceno lupulado para o novo mundo. Ótima.

23/12 – Terça

Uma das melhores cervejas da curitibana Way é essa Amburana Lager, uma receita inspirada nas Lagers escuras e mais alcoólicas da região da Áustria, maturada em barris de madeira Amburana Cearensis. Só de lembrar dá água na boca.

24/12 – Quarta

De de Belo Horizonte para o mundo, já que a mineira Wäls ganhou o prêmio de melhor Dubbel do mundo com sua Wäls Dubbel em 2014. Para comemorar eles lançaram uma versão com ameixa, Wäls Victorius Dubbel, que é perfeita para acompanhar ceia natalina.

25/12 – Quinta


Para o almoço do dia de natal, uma cerveja refrescante, para recuperar as forças de qualquer um: até o ano passado, a Chimay La Dorée Gold, uma autentica blond ale trapista belga, só era servida para os padres no mosteiro, mas agora também nós podemos provar essa beleza.

26/12 – Sexta

Bora temperar o começo do fim de semana com amargor, cítrico e tudo o mais: a Anderson Valley Heelch O’Hops é produzida em vale na Califórnia e é uma aula de como uma cerveja pode ser extrama e, ao mesmo tempo, saborosa.

27/12 – Sábado


Outra norte-americana, e esta vale dividir com seu par ou mesmo com amigos, porque é uma garrafa de 650 ml e 9% de álcool: a Shipyard Smashed Blueberry recebe infusão de blueberrys na maturação, o que a torna suave, sedosa e alcoólica.

28/12 – Domingo

Estava faltando uma alemã nesta lista, e a lendária Weihenstephaner Hefeweissbier é a escolhida, pois além de uma bela cerveja, é deliciosa e saudável – este estilo bávaro é produzindo com 50% de malte de trigo, o que a torna uma fonte de proteínas.

29/12 – Segunda


Segunda-feira, o natal passou, o ano está chegando, e, de repente, falta pique. Que tal uma cerveja que recebe café na receita? A curitibana Morada Hop Arábica une água, malte, lúpulo, levedura e café especial cultivado na Serra da Mantiqueira, em Minas Gerais. E é uma delícia.

30/12 – Terça

A Duvel Tripel Hop é uma versão sazonal da Duvel que todo ano muda um dos três lúpulos da receita buscando um resultado especial. A versão 2014 traz como lúpulo extra o norte-americano Mosaic, bastante valorizado por combinar aromas cítricos, florais e herbais. Apaixonante.

31/12 – Quarta

Inspirado em uma canção de Bob Dylan, o cervejeiro italiano da Del Ducato criou a receita da New Morning, uma vibrante Saison que homenageia o renascimento e os novos começos. Perfeita para o último dia do ano, certo? Afinal, amanhã é 2015! Bora começar tudo de novo!

31/12 – Quarta


Uma para antes da meia noite: Inspirado em uma canção de Bob Dylan, o cervejeiro italiano da Del Ducato criou a receita da New Morning, uma vibrante Saison que homenageia o renascimento e os novos começos. Perfeita para o último dia do ano!

 01/11 – Quinta


Uma saideira para abrir às 23h55 e brindar na meia noite: Eisenbahn Lust, primeira Bière Brut do Brasil, produzida pelo método champenoise, porque a gente quer brindar 2015 com estilo!

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

O Prêmio de melhor filme de Poker vai para...

http://gamesquad.com.br/wp-content/uploads/2014/04/poker-slide.jpg 

Poicos sabem, mas sou um admirador - além de grande jogador - de Poker. O que também poucos sabem, é que existem uma série de filmes que envolvem, entre os temas, a jogatina e a forma de ganhar dinheiro (não tão) fácil, que é apostando! As férias (ou recesso, como queiram) estão chegando e você pode se interessar um pouco mais por essa coluna, pois hoje trarei uma lista de filmes essenciais para quem gosta de poker.

Caso sinta falta de algum filme que seja essencial, adicione aí nos comentários para que todos possam assistir também. Sem mais delongas, vamos a lista:

5. Maverick (Maverick – 1994)

É um clássico, provavelmente todos já assistiram e as situações do filme acabam mostrando de forma bem caricata como eram os jogos de antigamente. A personagem que dá o título ao filme se envolve em todo tipo de confusão e claro que não poderia faltar uma pitada de romance nessa história.

4. A Mesa do Diabo (Cincinnati Kid – 1966)

A história de um jogador que entre idas e vindas tenta provar a si mesmo que é um bom jogador de poker. É antigo, é clássico e é de um tempo antigo, onde as coisas eram muito diferentes da realidade atual. Um dos filmes mais aclamados sobre poker de todos os tempos.

3. Stuey (Stuey – 2003)

Stu “The Kid” Ungar é uma lenda do poker. Pro bem ou pro mal, todos em algum momento vão acabar batendo de frente com suas histórias polêmicas e sua vida nem sempre direita. Esse filme conta a sua história e precisa ser visto por todos que buscam entender com mais precisão o que era o poker antes de 2003 e o boom da era Moneymaker.

2. Cartas na Mesa (Rounders – 1998)

Se não for o mais, com certeza é um dos mais aclamados filmes de poker de toda a história. Se você é um amante de poker e ainda não viu deve correr agora para a frente da sua tela favorita e assistir a história por trás desse jovem que tentou se afastar mas precisou voltar aos feltros para… bom, não vou comentar a história aqui. Assista, sério!

1. Cassino (Casino – 1995)


Martin Scorsese dirigiu um dos mais famosos filmes de poker já produzidos. Poder, dinheiro e decepção rondam em torno da história e com Robert De Niro e Sharon Stone no elenco não preciso ir muito além para garantir que você terá entretenimento de qualidade aqui.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

O dia em que Obama voltou a ser Obama

 Cuba e EUA: o dia em que Obama voltou a ser Obama

Ao anunciar a retomada de relações formais com Cuba, Obama reviveu seus dias mais gloriosos – aqueles esquecidos no passado recente de 2008 quando se tornou um fenômeno popolítico (ele merece o neologismo).

Este é Barack Obama que lotou as ruas de Berlim, na Alemanha, no histórico discurso de julho de 2008. O presidente americano era a esperança de mudança, principalmente na política externa americana. Mas, desde que assumiu o cargo em janeiro de 2009, não conseguiu imprimir sua marca pessoal. Gosto sempre de fazer a ressalva da gravidade dos problemas que encarou. Como esta semana trágica mostrou, é muito mais complicado encontrar saídas quando existe um abismo profundo na maneira de interpretar o mundo. Como deixar o Iraque e o Afeganistão? Como combater os talibãs? Como encerrar de maneira lógica a Guerra ao Terror?

Ainda não foi possível encontrar essas respostas. E mesmo as tentativas de Obama de ser pragmático não foram eficientes. No Oriente Médio, ainda não foi capaz de articular a retomada de negociações entre israelenses e palestinos. Pode parecer que já faz tempo, mas Washington (e, para ser justo, ninguém no Ocidente) não conseguiu ser parte do processo de transformação prometida pela Primavera Árabe que de fato não aconteceu. Muito pelo contrário. Se em 2011 o mundo foi surpreendido com a possibilidade de queda de ditaduras históricas e mudança de paradigmas, agora a realidade local é completamente diferente daqueles dias que se pretendiam transformadores. O Oriente Médio enfrenta os dilemas impostos pelo Estado Islâmico. A Primavera Árabe soa agora como um sonho do passado distante.

Diante de tudo isso, Obama fez o óbvio. E fez certo, claro. Sua possibilidade de conseguir um feito que será lembrado para sempre estava logo ali ao lado. É muito mais fácil negociar com a racionalidade de Cuba do que continuar a tentar encontrar um caminho no Oriente Médio. Demorou quase seis anos, mas este dia chegou. O dia em que Barack Obama deixou sua marca na política externa americana e na História mundial.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Jogo de Fases

 http://www.freakpopstudios.com.br/wp-content/uploads/2014/06/super-mario-bros-2.jpg

A vida é um jogo de fases.
 
Em cada uma delas, há desafios para serem identificados e superados pelo aventureiro.
 
Enquanto você não cumpre a missão específica, a vida lhe coloca novos cenários e personagens, mas algo permanece inalterado: o que precisa ser aprendido, transformado no seu interior.
 
A maioria das pessoas ignora esse princípio e não entende que o mais importante na vida é o que acontece dentro delas e não do lado de fora.
 
O tempo despendido em cada estágio varia, pois relacionado às habilidades individuais, as quais são usadas para avançar, embora raramente elas sejam suficientes.
 
Suplantar as nossas fragilidades é, via de regra, a tarefa a ser assumida nos diferentes níveis, os quais não têm fim, embora o folguedo sim...
 
O jogo, embora apresente momentos competitivos, é, essencialmente, colaborativo.
 
Quando a pessoa entende isso, a jornada se modifica, tornando-se, ambas, mais leves e bonitas.
 
Afinal, ela descobriu um importante segredo: a riqueza da vida é partilhar o que se é, dividir para multiplicar.

E a gente colhe o que semeia, dentro e fora...

sábado, 13 de dezembro de 2014

Espera


Ela tarda... E eu me sinto inquieto, quando
julgo  vê-la  surgir,  num  vulto,  adiante,
- os  lábios  frios,  trêmula  e  ofegante,
os seus olhos nos meus, linda, fitando...

O céu desfaz-se em luar... Um vento brando
nas folhagens cicia, acariciante,
enquanto com o olhar terno de amante
fico à sombra da noite perscrutando...

E ela não vem...Aumenta-me a ansiedade:
- o segundo que passa e me tortura,
é o segundo sem fim da eternidade...

Mas eis que ela aparece de repente!...
- E eu feliz, chego a crer que igual ventura
bem valia esperar-se eternamente!..

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Os 10 projetos de lei "maldosos" do Bolsonaro

Se você costuma se guiar por manchetes, já deve achar que o deputado federal Jair Bolsonaro é um demônio maligno que vai destruir o mundo. Muitos jornalistas, com alinhamento ideológico contrário ao que o deputado prega, prefere pincelar declarações do cara e fazer manchetes que mancham a imagem do cara (dando outra conotação pra manchete), exigindo uma divindade de deputados do outro campo do espectro político (quando jornalistas gostam do político, aliviam o lado dele).

A última foi que Bolsonaro resolveu dar uma zoada em uma deputada que já havia acusado ele de estupro, na qual ele falou um monte de bosta pra ela (claro, ao ser acusado de um crime hediondo e desumano do qual você é inocente, falar bosta é legítima defesa). 

Mas fui pesquisar os projetos de lei do deputado tido como demônio pelos jornalistas, e achei coisas horrendas! Veja:

PL-7104/2014 e PL-7105/2014: Acresce inciso ao art. 23, do Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940, que institui o Código Penal, para não caracterizar como crime atos de defesa no interior de domicílio contra pessoa não autorizada a entrar e Modifica as redações do parágrafo único do art. 23 e do art. 25, do Decreto-Lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940, que institui o Código Penal, para não caracterizar como crime atos de legítima defesa própria e de terceiros.

Como que alguém pode ser tão malvado a ponto de achar que as pessoas têm o direito de se defender?????

PL-7473/2014: Altera a redação do inciso XIV, do artigo 6º, da Lei nº 7.713, de 22 de novembro de 1998, que altera a legislação do imposto de renda e dá outras providências, para incluir os portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica - DPOC - enfisema pulmonar, no rol de isentos de tributação.

Ah não, Bolsonaro! Você é ridículo! Quem tem DPOC e enfisema pulmonar tem que pagar imposto sim!

PL-8176/2014: Acresce inciso ao § 2º do art. 121, do Decreto-Lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940, que institui o Código Penal, e altera o inciso I do art. 1º da Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, tornando hediondos os crimes cometidos contra as vidas de servidores da segurança pública e seus familiares.

Tenho vergonha do Bolsonaro! Agravar a pena de quem mata policial e a família do policial não é justo!

PL-5398/2014: Aumenta a pena para os crimes de estupro e estupro de vulnerável, exige que o condenado por esses crimes conclua tratamento químico voluntário para inibição do desejo sexual como requisito para obtenção de livramento condicional e progressão de regime.

Não acredito que ele quer aumentar a pena pra estupro!!! Isso é ridículo! A pena pra estupro tem que ser maior!

PL-5490/2014: Inclui parágrafo no art. 59 do Decreto-lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 (Código Penal) para aplicação de pena no caso em que o crime cometido com concursos de pessoas tenha participação de menor.

O cara maior de idade ludibriou um menor pra cometer crimes com eles? Ridículo o Bolsonaro tentar aumentar a pena desses caras. 

PL-367/2011: Suspende o direito de dirigir do infrator que atingir quarenta pontos na Carteira Nacional de Habilitação, durante o período de doze meses.

Porra Bolsonaro! Tem que deixar o cara dirigir meu, 40 pontinhos qq tem

PL-5481/2009: Altera o inciso XIV da Lei nº 7.713, de 22 de dezembro de 1988, com a redação dada pela Lei nº 11.052, de 29 de dezembro de 2004, para incluir entre os rendimentos isentos do imposto de renda os proventos percebidos pelos portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico.

De novo essa história!?

PL-106/2007: Inclui como crime hediondo o roubo de veículos automotores.

Ah, que horrível! Deixa os caras roubarem o carro que a pessoa trabalhou pra caralho pra comprar, não precisa aumentar a pena não. Bolsonaro é um ser diabólico.

PEC-5107/2007: Concede imunidade tributária à produção e comercialização de programas de computador.


Ah não, Bolsonaro! Agora você passou de TODOS os limites! Desumano achar que quem cria os programas de computador que EU USO não tem que pagar imposto! Tem sim!

Pesquisar este blog

Você vai marcar a primeira opção?