sábado, 29 de maio de 2010

A Fantasia do Negão...



Quando Josevaldo chega em casa olha pra esposa e diz:
- o mulé faz uma fantasia bem bonita que é pra eu usar na festa de final de ano da empresa!
A esposa sempre prestativa e muito prendada concorda em fazer a fantasia. No dia seguinte quando o negão chega em casa se depara com uma fantasia do super-homem em cima da cama, indignado ele grita:
- O mulé que merda de fantasia é esta!?Tu já viu super-homem preto!?Pode fazer outra fantasia porque com esta eu não vou, não!.
No outro dia quando chega em casa ele vê uma fantasia do batman com bomerang e tudo muito bonita feita no capricho pela esposa; ele olha e diz puto da vida:
-Puta que pariu que porra de mulé burra! onde que já se viu o batman negão! Porra mulé tu tá de sacanagem comigo!? Pode fazer outra que com essa eu também não vou
No outro dia quando novamente ele chega do trabalho ele se depara com três botões brancos bem grandes em cima da cama, um cinto branco bem largo e um pedaço de pau. Sem entender nada ele pergunta:
- O mulé que merda de fantasia é esta que você inventou?!
A esposa muito calmamente vira p/ele e diz:
- Ora Josevaldo, na verdade são 3 fantasias
- Três! - responde o negão.
- Isso mesmo, a primeira você coloca o três botões grandes colados na sua barriga em diagonal e vai de dominó!
- A segunda você pode colocar o cinto branco e ir de biscoito negresco.
- E se vc não gostou de nenhuma das duas, pode pegar o pedaço de pau enfiar no CÚ! e ir fantasiado de chicabon!.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Citação do dia


"Se quer uma definição para o que seja FELIZ, apenas olhe para mim e terá a resposta!"

(Ludgero Baptista dando uma indireta para Olívia Azzolini)


domingo, 23 de maio de 2010

Frase da Semana...


"Quando somos pacientes, coisas que normalmente consideraríamos muito dolorosas acabam não parecendo tão ruins. Ao contrário, quando não existe a tolerância paciente, até as menores contrariedades parecem insuportáveis. Tudo depende da nossa atitude diante dos fatos."

Dalai Lama

sábado, 22 de maio de 2010

Com vocês... Justin Biba (?!?)


Justin Bieber (João Justino Biba da Silva Paunocu), nasceu em Vila Mimosa, no ano de 1924 1994. Entrou na escola cedo e gostava de História, matéria que o inspirou a agir como os franceses. No entanto, foi mandado cedo para o reformatório por maus tratos aos animais porque teria colocado o gato da vizinha no cú. Justin é atualmente odiado por muitos e amados por poucos. Poucos esses conhecidos como Power Rangers. Os mesmos tipinhos de doentes que gostam de Cine, Restart, Fresno e etc. 

Reformatório e Relacionamentos:


Justin, por parecer uma mulherzinha puta ordinária sofreu abusos sexuais no reformatório. Os "maus tratos" eram tão regulares que fizeram João Justino se acostumar a dar na Toba. Mas um dia, sua vida mudou: um menino novo chegou no reformatório. Seu nome era Paulão Cavalo. Com seus 2,08 metros de altura, chamava a atenção de todos. Inclusive de João, que acabou conhecendo-o melhor. A primeira semana de amizade foi a mais difícil, especialmente para João - que ficou sem poder sentar por dois anos. Mal sabia este último que, mesmo fudido, ele ainda teria uma esperança. Nesse reformatório, numa certa noite, ocorreu um show de talentos. Nesse show, Paulão (ou Paulete depois das 22:00h) deu a idéia de Justino se apresentar musicalmente. Esse, empolgado com a sugestão, se vestiu de Lady Gaga e apresentou um cover de "Just Dance" chamado "já dei". Ele ganhou o concurso porque tinha muito talento. Não musical, porém de imitar uma bicha.

Contrato e Fama (?)


Justin, então descoberto, assinou um contrato para cantar no programa da Oprah. Logo conquistou fama e  passou a ser uma celebridade. Depois disso, começou a andar com as vadias da Disney - o que foi o momento mais feliz da sua vida, por que pode realizar seu maior sonho: Dar o rabo pro Mickey. Aprendeu, então, com os melhores e deixou sua téncica de apertar o "saco"  e cantar com uma voz que dá inveja até no Bon Jovi. Dizem que sua maior técnica é enfiar um chuchu na parte traseira e assim cantar com uma voz angelical de pirralho maconhado.

Sussessos  Suceços Sucessos (?)

(Depois vai me dizer que ele não é viado?)

- "Favorite Girl" - Pica Favorita
- "One Time" - a primeira vez - conta a história da vez em que ele deu pro Rambo junto com o tio do Truco   - "Down to Earth" - Dando Pra Terra inteira
- "Bigger" - Grandão
- "One Less Lonely Girl" - Uma pica solitária a menos
- "First Dance" - Primeira lap dance (que ele fez prum traveco qualquer na rua)
- "Love Me" - Me Come
- "Common Denominator" - Sendo comido pelo Denominador
- "Baby" - Boquete

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Imagens da Semana...

Quem é frequentador desse bar levanta a mão... Ninguém?

"E o Prêmio de Melhor Pedreiro do ano vai para..."
 
"A massa de ar quente está me deixando excitado...."
 
 Definitivamente, vou querer um desse! Não quer que vejam o que você está fazendo no computador? Compre um também!

sábado, 15 de maio de 2010

Quarta-feira, às nove de alguns anos atrás...


Numa quarta-feira estava eu saindo do trabalho, às nove e meia da noite, após um dia super cansativo, quando recebo um SMS (super inesperado) de uma amiga, me chamando para ir encontrar ela e uns amigos dela num bar. Estava mesmo precisando relaxar, aceitei o convite e fui me encontrar com ela. Cabe aqui uma breve descrição da moça: é, além de alguém muito inteligente e agradável, absolutamente linda. Como ninguém é perfeito, fuma feito uma louca. E cigarro é uma das poucas coisas capazes de me fazer desistir de uma mulher bonita e interessante. Mas o objetivo não era azarar ninguém, era relaxar de um dia estressante e me divertir com gente interessante. E o grupo era realmente interessante, a conversa fluiu nas mais diversas direções, incluindo uma parte em que fui convidado para uma festa na sexta feira, quando ela ia me apresentar a prima dela, dona da tal festa, e que segundo ela tinha tudo a ver comigo.

Mas, à medida que a noite foi avançando, o álcool foi fazendo seu efeito. No meu caso, foi tornando o cigarro dela menos fedorento, e no caso dela foi me tornando mais bonito. São dois efeitos bem conhecidos do álcool, e o resultado não poderia ser outro. A noite terminou em beijos. Esta seria a parte agradável que precede qualquer roubada, segundo minha teoria. Mas eu não havia ainda formulado a teoria nesta época. Contra a lógica, eu havia gostado da parada de quarta-feira, fiquei com vontade de encontrar de novo para ver o que rolava. Nos falamos na sexta, e fui na tal da festa de aniversário da prima dela. Aquela que ela, antes de me dar uns beijos, ia me apresentar. Olhando agora, mais cheiro de roubada, impossível.

O lugar da festa era horrível, um bar mega lotado, onde era impossível conseguir andar ou conseguir uma bebida. A tal festa incluía, além da prima e dela, toda a família, desde o priminho de 15 anos até as tias de 60. Obviamente que toda a família me olhava, era o único rosto não conhecido por ali. O constrangimento da moça era visível. Decidi bancar só o amigo sem interesse e pronto. Como eu já havia aberto mão das outras baladas do dia, resolvi pelo menos beber para entorpecer os sentidos, mas nem isso era possível, o garçom não passava. Notam a semelhança com a espera da churrascaria? O melhor seria não ter nem ido na parada. Uma vez já lá, o ideal seria ter notado a furada e saído à francesa, como, por exemplo, desistir da churrascaria simplesmente ao ver o tamanho da fila de espera. Mas eu não conhecia a teoria, e acabei passando da sala de espera para o restaurante, onde realmente a roubada atinge sua plenitude.

Neste exemplo, a coisa foi assim: Ela me falou que iam cantar os parabéns e que a ala jovem ia para uma balada chamada “The Clash”. Já era tipo duas da manhã, mas era uma sexta feira, e meu cérebro “Rocker” assumiu, sem perguntar, que uma balada com o nome da melhor banda de rock de todos os tempos ia tocar boa música, isto é, rock. Seria uma boa chance de tentar dar um fim interessante para aquela noite horrível. Quem sabe até terminar a noite com uns beijinhos. E lá fomos nós para a tal balada, que eu nunca tinha ouvido falar. Era num bairro mega decadente, basicamente formado por fábricas e galpões abandonados. Levamos uma boa meia hora para conseguir achar a tal balada em meio àquela Sinistrolândia. A balada em questão era num destes galpões. Chegando lá, começo a ouvir, ainda na rua, aquele “Tuntz Tuntz Tuntz” característico de baladas de música eletrônica. O cheiro de roubada invade o ar. Na entrada, a mocinha da recepção me pergunta se eu quero pagar R$ 45 de entrada ou R$ 135 de consumação! Eram 3 da manhã, a música era horrível.... A vontade foi fazer meia volta ali mesmo. Mas a atração humana pela Roubada falou mais alto e decidi entrar. Com dor no coração, falei que pagava os R$ 45 de entrada... para entrar num galpão abandonado e sem sequer uma janelinha por onde pudesse entrar ar puro. Devia ter um lei que proibisse alguém de usar o nome de uma boa banda de Rock para batizar um terreiro de música Techno! Talvez eu ligue para o Conar, isso é propaganda enganosa no mínimo.

Lá dentro, devo confessar que nem em pesadelo eu imaginava que pudesse haver uma balada tão ruim. O lugar era só as paredes, nem um lugarzinho para sentar sequer. A música, além de ruim, estava num volume tão alto que eu não conseguia nem ouvir as orientações que o meu próprio cérebro tentava me passar. Fui ao banheiro, onde o som era um pouco menos alto, e, enquanto esvaziava a bexiga, consegui ouvir a orientação, que me dizia para voltar lá dentro e tentar pelo menos dar uns beijos na moça. Voltei para junto da moça e fiquei esperando acabar a música, para no breve intervalo entre uma música e outra conseguir iniciar uma conversa que pudesse nos levar a retomar o assunto de quarta-feira. Vinte minutos depois, nada da música acabar, e eu ali fingindo que estava dançando aquele Tuntz Tuntz dos infernos. Caracas, o que eu estou fazendo aqui? Comecei a olhar em volta e entendi porque se vende tanto ecstasy e outras drogas em festas de música eletrônica. Só estando mais louco que o Bozo para conseguir gostar disso. Ou então tendo menos neurônios que uma dançarina de Axé. Como nenhum dos dois casos era o meu, estava odiando aquilo. De repente, o DJ parou de tocar, e foi muito aplaudido!? Tentei iniciar a conversa mandando um “Nossa, o cara tocou uma só música de meia hora, parece até Rock Progressivo”. Ela me olhou muito feio e falou que o cara era um Gênio e que tinha tocado umas seis músicas. Fala sério, gênio aonde? As seis assim chamadas “músicas” eram todas iguais, sem ter sequer letra, e formadas basicamente por uma batida mega acelerada coberta por meia dúzia de barulhos eletrônicos. Harmonia e melodia simplesmente não existem. Até eu sei que música é ritmo, harmonia e melodia! Sem sacanagem, se eu quiser monto uma “música” daquelas no computador em 15 minutos! O outro DJ que entrou se agitava sem parar, e ficava mexendo com os braços numa mesa de som. Notei um monte de garrafas de RedBull na mesa. Fiquei na dúvida se ele estava tão agitado assim por ter bebido todo aquele energético ou se alguma garrafa daquelas tinha tombado sobre a parte elétrica da mesa e ele estava na verdade sendo eletrocutado ali, ao vivo, sem ninguém notar. Obviamente que por mais que ele mexesse na mesa, o som não mudava uma vírgula sequer, fiquei com a sensação que era puro playback.

Meu lado empresário me fez pensar em abrir uma balada daquelas. Arrumo por preço de banana um galpão abandonado, cobro R$ 50 de cada bobo que quiser entrar, aproveito que este povo é tudo doidão e vendo álcool de posto nas garrafas de vodka, a R$ 20 a dose, e, para completar, largo um Ipod lá tocando a música a noite inteira. Fiquei na dúvida só se eu faria como os caras e contrataria um ator para ficar ali fingindo que está tocando ou se colocava só um daqueles bonecos de posto de gasolina, que têm um ventilador embaixo e ficam agitando os braços. Ri sozinho da minha idéia, e, após este breve momento de descontração, realizei a roubada em que havia me metido e resolvi me mandar. A moça era linda, mas eu não ia conseguir ser simpático nem tentando, minha paciência já tinha tomado no cu. O melhor a fazer era dar tchau e ficar na esperança de um dia conseguir marcar um cinema ou um barzinho. Esta eu acho que é a única diferença da Roubada de dia das mães para todas as outras. O roteiro é sempre parecido, a bonança vem antes da tempestade, mas mãe é mãe, então nossa capacidade de agüentar a roubada é maior.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Confissões...


Ah! Padre, aqui estou para me confessar
E dizer que por esses dias desnorteado fiquei
Por ouvir, de algumas más bocas, falar
Que por aquela linda moça pequei.

Ah! Padre, sempre a dei a maior importância
E por ela sempre estive apaixonado
E dessas más bocas tenho repugnância
Pois essas dizem-me que amar é pecado!

Ah! Padre, não sei mais o que lhe falar
Sei apenas que estou embaraçado...
Nem Deus precisa me perdoar;
Se para vocês amar é pecado
Desculpe-me, ainda irei pecar!

domingo, 9 de maio de 2010

Feliz (?) Dia das Mães

 
(Se não fosse um metrô, iria jurar que fosse um restaurante em pleno Dia das Mães)

Hoje foi dia das mães, e muita gente deve ter passado por aquela roubada que é sair para almoçar com a mãe neste dia. Pior que todo ano é igual, e continuamos insistindo no mesmo erro. O roteiro é previamente conhecido, igual novela das oito, e mesmo assim ficamos fingindo que não sabemos como vai acabar.
Começa tudo bem, a família se encontra na casa da mãe mais velha da família, fica jogando conversa fora até todos os convidados chegarem e aí parte para algum restaurante bem grande, que no nosso tolo imaginário é tão grande que nunca vai ficar lotado. Em 86% dos casos, é uma churrascaria o local escolhido. Até esta parte, o programa é só felicidade.

Aí chegamos ao restaurante e começa o calvário. Independentemente do horário, a fila de espera está interminável, mas o pessoal do restaurante insiste em definir como “30 minutinhos” de espera (Deve ter algum estudo que demonstre que os clientes só aceitam esperar 30 minutos... então este é o número que eles falam). Duas horas depois, estamos nos sentando à mesa, e aí sim começa o verdadeiro sofrimento. Descobrimos que aquele restaurante, que freqüentamos sempre, hoje está o caos. O garçom leva horas para aparecer, traz todos os pedidos errados, a comida está irreconhecível, a cerveja está quente, a criança da mesa ao lado chora e berra sem parar.

Depois de tomar um café que parece ter sido coado na meia do garçom de tão ruim, pedimos a conta. Mais meia horinha e conseguimos a conta. Apesar do péssimo atendimento, o preço é até mais caro do que num dia normal! Outra meia horinha e conseguimos receber o carro do maldito manobrista. Mais um dia das mães que se vai. As mães parecem ser as únicas pessoas que estão se divertindo neste caos. Os mais bondosos dirão que é por causa da filharada reunida, mas às vezes eu acho que as mães estão é se vingando da nossa falta de atenção com elas no resto do ano, e que a aparente felicidade é na verdade sarcasmo puro. Um ano destes vou tentar tratar minha mãe bem o ano inteiro, para ver se no dia das mães ela fica com dó e faz um churrasco em casa ao invés de querer ir à churrascaria.

sábado, 8 de maio de 2010

Dia das Mães



- às Mães que apesar das canseiras, dores e trabalhos, sorriem e riem, felizes, com os filhos amados ao peito, ao colo ou em seu redor; e às que choram, doridas e inconsoláveis, a sua perda física, ou os vêem “perder-se” nos perigos inúmeros da sociedade violenta e desumana em que vivemos; 

- às Mães ainda meninas, e às menos jovens, que contra ventos e marés, ultrapassando dificuldades de toda a ordem, têm a valentia de assumir uma gravidez - talvez inoportuna e indesejada – por saberem que a Vida é sempre um Bem Maior e um Dom que não se discute e, muito menos, quando se trata de um filho seu, pequeno ser frágil e indefeso que lhe foi confiado; 


- às Mães que souberam sacrificar uma talvez brilhante carreira profissional, para darem prioridade à maternidade e à educação dos seus filhos e às que, quantas vezes precisamente por amor aos filhos, souberam ser firmes e educadoras, dizendo um “não” oportuno e salvador a muitos dos caprichos dos seus filhos adolescentes; 


- às Mães precocemente envelhecidas, gastas e doentes, tantas vezes esquecidas de si mesmas e que hoje se sentem mais tristes e magoadas, talvez por não terem um filho que se lembre delas, de as abraçar e beijar...; 


- às Mães solitárias, paradas no tempo, não visitadas, não desejadas, e hoje abandonadas num qualquer quarto, num qualquer lar, na cidade ou no campo, e que talvez não tenham hoje, nem uma pessoa amiga que lhes leia ao menos uma carta dum filho...; 


- também às Mães que não tendo dado à luz fisicamente, são Mães pelo coração e pelo espírito, pela generosidade e abnegação, para tantos que por mil razões não tiveram outra Mãe...e finalmente, também às Mães queridíssimas que já partiram deste mundo e que por certo repousam já num céu merecido e conquistado a pulso e sacrifício...
 
A todas as Mães, a todas sem excepção, um Abraço e um Beijo cheios de simpatia e de ternura! E Parabéns, mesmo que ninguém mais vos felicite! E Obrigado, mesmo que ninguém mais vos agradeça!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Com vo-vocês! La-lady Ga-ga-gahhh!!!!

Pois é... Tenho recebidos alguns e-mails de amigos e grande parte deles é dizendo "por favor, volte a escrever a coluna 'Ganha muito e não faz nada!' Atendendo aos pedidos, aqui está (confesso: também adoro esse quadro!)

Essa semana, quem mais poderia ser além que ela (?) LADY GAGA!

Stefani GaGa ou DaDa Angelina Jolly Gabriella Gergulosa  mais conhecida como Lady DaDa (Março de 1986) - é uma dubladora  cantora de Dance-pop e Eletrônica de contrato assinado com a gravadora Interscope Records/Universal (que lhe ofereceu peruca, óculos e outras parafernálias eletrônicas  de graça!).

Lady Gaga é uma drag queen fazendo dublagem mal feita de artistas decadentes como Kylie Minogue, Copélia e Christina Aguilera. Trata-se de mais uma destas jovens transexuais que fazem sucesso no mundo da Bitch Music, em especial por agradar onanistas retardados como você que a acham gostosa.

A origem incerta de Lady Gaga foi quando o então seu pai Freddy Gay Mercury, irmão mais velho de Daniela Mercury, tinha composto uma música para sua filha, 'Radio Gaga', uma retardada que fez parceria com Ed Harris no filme, 'meu nome é Radio'. Toda vez que seu pai cantava a música 'Radio Gaga', ele incitava a frase:'Someone Still Love you', na qual Freddy em cartas póstumas, dizia que era Gay e não podia citar coisas negativas em suas músicas, então a frase ficava sem a demonstração no fim dela, ou melhor, ficava sem o DEMO depois de 'Someone still love you'. Lady Gaga matou o seu pai Freddy ao sair amaldiçoada do filme:'O bebê de Rosemary', na qual estreou fracassadamente como uma atriz besta, ou melhor: Anta. Depois de ser amaldiçoada ela consegue convencer ao público que sua música é a das melhores. Além de usar Perucas Lady para esconder a feiúra, gagueja, solta peidos, caga nas calças e joga o cocô no lado hardcore da platéia!! No lado emocore ea tira sua única calcinha e a joga para seus emotivos fãs que sempre ao final de cada show recebe um coleção de perucas Lady para fazer franjinha na testa!!! Uma curiosidade de Gaga é que Freddy ao escutar o desenho Looney Tunes pelo Rádio, na década de 50, era fã do personagem suíno Gaguinho, que também lembra o caráter da cantora que além de chauvinista, tinha uma boceta mais podre que o chiqueiro!!



Ex-personagem dos Muppets, fez a Porca Pig, mas desistiu dessa carreira de sucesso depois que esses desenhos antigos deixaram de ser preferência nacional (se é que foram algum dia!) e foram substituídos por coisas melhores - ou não.
O fato é que ela é mais uma daquelas porcarias comerciais cuja única utilidade é colocar $$ no bolso do produtor musical, merda na sua cabeça de cima e esperma na cabeça de baixo, para você ficar cantando como uma bicha louca e retardada sob efeito de ecstasy, gatinhos e outras coisas alucinógenas.


Biografia
(Será que ela é?)

Quando criança, Lady DaDa frequentou o internato da escola privada Convento do Sagrado Coração  e quase virou freira. Não era esse o desejo dela, mas os seus pais a obrigaram por ter tido um envolvimento com Britney Sperms quando pequena.

Nesse convento aprendeu a tocar piano (e outras coisitas mais) e ela aperfeiçoou mais a sua técnica sexual depois de comer várias vezes o Padre Fábio de Melo. Aos 17 anos foi para a Universidade de Artes de Nova York, onde supostamente estudou música, abandonando aos 18 para virar stripper.

Antes de lançar seu primeiro single, Lady DaDa ganhava uns trocados escrendo qualquer coisa para as canções de artistas da Interscospe/Universal como as Pussycat Dolls, mas com as sucessivas flopadas delas e a falta de dinheiro em caixa, Lady DaDa acabou sendo convidada para fazer parte do cast da Interscope/Universal, que já estava quase falindo.

A sua aparição no mundo pop foi toda planejada. Britney Sperms – cantora a qual já teve muitos envolvimentos, em todos os sentidos – estava esperando o cabelo crescer de sua careca quando Lady DaDa se ofereceu para entrar na mídia como uma puta insuportável que ninguém aguentaria e, por isso, todos implorariam pela volta de Britney. Britney concordou. Infelizmente, o público adora putas insuportáveis, e Lady DaDa só ficou mais famosa (e mais RoDaDa).

A partir daí ela percorreu em todas baladas de Nova York lançando o seu single Just Dance (Já dei). No dia 4 de Abril (ou Abril de 4?), lançou esse single Just Dance (Já dei), do seu debut álbum, The Fame (A franja). Performou no Miss Universo 2008 no Vietnã (com aquela roupa quadrada, uma armadura e o bigodinho de hitler) cantando sua primeira e única canção de grande sucesso.

Quando Lady DaDa começou a fazer sucesso (infelizmente), a Cretina Aguilera passou a odiar ela ainda mais, porque a Lady DaDa ja deu várias vezes para as namoradas dela (Paris Hilton e Britney Spears) e ai ficou aquela guerrinha de pobre, a famosa briga de peruca mais bonita, mas quando Carla Perez entrou na briga, as duas deram pro Xandy, e até hoje Carla Perez continua dando no puteiro, tirando uns 3 reais por cada programa, enquanto Lady DaDa e Cretina Aguilera ganhavam 125 reais por cada programa, foi ai que a briga começou tudo de novo.


Pussycat Dolls... Falando nelas, Lady já teve até um caso secreto com Nicólica Scherzinger, e ainda fez uma participação com um casal de lésbica do grupo.


Cú-Riosidades:


  1. Lady DaDa é bissexual, pedófila, necrófila, masoquista e zoofilia, além de sofrer também de gerontofilia, coprofilia, urofilia e emotofilia.
  2. Ela nasceu gaga, mas curou sua gagagueira, com um misterioso método desenvolvido pelo fonoaudiólogo das Estrelas Dr° Kid Bengala, em 282 sessões ao longo de sua vida.
  3. Já transou 17 vezes com o dono da gravadora Interscospe Records/Universal. E isso só hoje.
  4. Já fez tesourinha com Britney Sperms na presença de Justin Cornerlake.
  5. Lady DaDa é a única mulher que transou com Nicólica Scherzinger.
  6. A peruca de Lady DaDa foi feita de extrusora – material retirado do fígado da Vaca Moh Moh Mah Mah e usado na confecção de camisinhas.
  7. A crítica insana a qualificou como nova substituta de Putonna, posto antes ocupado por Bitchney Sperms.
  8. É transexual.
  9. Foi criada em um laboratório na Mongólia, mesma origem de Marilyn Manson.
  10. É irmã gêmea da Ashlee Simpson, mas nega suas origens com muita chapinha e photoshop.
  11. Não precisa ser um dançarino profissional para trabalhar com Lady Gaga
  12. Além de péssima cantora, GaGa também mostra genialidade em outro ramo - A Matemática. Confira a seguir uma de suas maiores contribuições para o ramo: Lei de Gaga - (RAH)² (AH)³ + RO (MA) + RO (MA)² + (GA)² + OOH(LA)² = Bad Romance. É claro que ninguém entende essa merda.



terça-feira, 4 de maio de 2010

O poder (?) de um crachá!



Um oficial do DEA (Drug Enforcement Administration) vai a uma fazenda, no Texas e diz ao dono, um velho fazendeiro:
- Preciso inspecionar sua fazenda por plantação ilegal de maconha!
O fazendeiro aponta para um lado e diz:
- Ok, mas não vá naquele campo ali.
O oficial da vida diz indignado:
- O senhor sabe que tenho o poder do governo federal comigo?”
Tira do bolso um crachá mostrando ao fazendeiro:
- Este crachá me dá a autoridade de ir onde quero… e entrar em qualquer propriedade. Não preciso pedir ou responder a nenhuma pergunta. Está claro? me fiz entender??
O fazendeiro todo educado pede desculpas e volta para o que estava fazendo. Poucos minutos depois o fazendeiro ouve uma gritaria e vê o oficial do governo federal correndo para salvar sua própria vida perseguido pelo Santa Gertrudes, o maior touro da fazenda.
A cada passo o touro vai chegando mais perto do oficial, que parece que será chifrado antes de conseguir alcançar um lugar seguro. O oficial está apavorado. O fazendeiro larga suas ferramentas, corre para a cerca e grita com todas as forças de seus pulmões:
- Seu Cracháááá! MOSTRA O SEU CRACHAÁÁÁÁ!

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Indireta?!?!

 
"A vida me deu tudo que pedi, mas se o que eu pedi foi muito pouco, aí é problema meu."
 Jean-Paul Sartre

sábado, 1 de maio de 2010

Rotina do Trabalhador


Logo pela manhã,
Os raios do sol estão apostos.
O andar já se começa rápido,
Para acompanhar o andar do dia.
O trânsito está super lotado,
O elevador já está quebrado.
A mesa lotada de papéis,
As reuniões logo começam.
Anda para lá, volta para cá,
Corre e resolve os problemas.
O celular não para de tocar,
O telefone da mesa insiste em gritar.
E ainda tem muitos e-mails à chegar.
Hora do almoço chegou,
Descanço por algum momento.
Sabendo que pouco depois,
Tudo isso vai virar um tormento.
Os telefones não param,
Os e-mails duplicam.
Que tarde ensolarada,
A praia está bonita.
Da janela do trabalho,
Vejo as pessoas lá fora.
Sorrindo, sem preocupação,
E vendo o dia ir embora.
Passa o dia, passa à hora,
Não vejo a hora de ir embora.
Minha casa, meu chuveiro,
Um bom banho e caio no travesseiro.

Dia do Trabalhador


O dia do Trabalho está chegando e o trabalhador fica muito ansioso para saber que dia que vai ser. Todos querem dar uma folguinha e deixar de trabalhar pelo menos um dia. Mas no ano de 2010 o dia do Trabalho vai cair bem no sábado. É trabalhador, se você já não trabalhava no sábado, não está perdendo nada. O dia 1° de maio vai ser num sabadão. De todo jeito, um  Feliz dia do trabalhador  para você, e como homenagem, fique com essa charge nem um pouco engraçada hehe!

O Batom

Marcas de Batom no Banheiro...
Numa escola pública estava ocorrendo uma situação inusitada: uma turma de meninas de 12 anos que usavam batom, todos os dias beijavam o espelho para remover o excesso de batom.
O diretor andava bastante aborrecido, porque o zelador tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao final do dia. Mas como sempre, na tarde seguinte, lá estavam as mesmas marcas de batom...
Um dia o diretor juntou o bando de meninas no banheiro e explicou pacientemente que era muito complicado limpar o espelho com todas aquelas marcas que elas faziam. Fez uma palestra de uma hora. No dia seguinte as marcas de batom no banheiro reapareceram...
No outro dia, o diretor juntou o bando de meninas e o zelador no banheiro, e pediu ao zelador para demonstrar a dificuldade do trabalho.
O zelador imediatamente pegou um pano, molhou no vaso sanitário e passou no espelho.
Nunca mais apareceram marcas no espelho!

Moral da história: Há professores e há educadores...
Comunicar é sempre um desafio!
"As vezes precisamos usar métodos diferentes para alcançar certos resultados."

Pesquisar este blog

Você vai marcar a primeira opção?