quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Como Lidar com Criaças Rebeldes:


Feliz Dia das Crianças!

domingo, 1 de agosto de 2010

Agosto... Mês do desgosto por quê?



O mês de agosto é popularmente conhecido como o mês do desgosto, ou do azar. Mas você sabe por quê?

Os romanos deram ao oitavo mês do ano o nome de agosto, numa homenagem ao Imperador Augusto, quando estavam acontecendo os mais importantes fatos de sua vida, destacando-se, dentre os principais, a conquista do Egito e sua elevação à dignidade de cônsul. Porque, como e quando agosto começou a ser um mês azarento é que ninguém sabe explicar.

As mulheres portuguesas não casavam nunca no mês de agosto, época em que os navios das expedições zarpavam à procura de novas terras. Casar em agosto significava ficar só, sem lua-de-mel e, às vezes, até mesmo viúva. Os colonizadores portugueses trouxeram esta crença para o Brasil.

Na Alemanha, entretanto, as mulheres não acreditam no poder mágico da superstição. Enquanto em muitos países maio é o mês das noivas, lá as moças sonham casar no mês de agosto. Na Argentina, não é aconselhável lavar a cabeça durante todo o mês de agosto. Quem lava a cabeça em agosto está chamando a morte.

A verdade é que a crença popular de que agosto é o mês de desgosto não é somente um ditado popular que rima; é, também, uma superstição internacional de grande aceitação entre nós, principalmente na zona rural do país, destacando-se, de modo muito particular, em todo o Nordeste, onde o processo de colonização foi homogeneamente português.

Mas, apesar de muita gente se dizer incrédulo nos azares próprios do mês de agosto, muitos não se casam, não se mudam, não viajam e não fazem negócios em agosto. A verdade é que as pessoas - acreditando ou não - preferem não brincar com o mágico, com as coisas do sobrenatural.

Existem muitos registros históricos de desastres e outros fatos ruins ocorridos durante o mês de agosto. Conheça algumas dessas datas:

No dia 24 de agosto de 1572 Catarina de Medici ordenou o massacre de São Bartolomeu, que ceifou milhares de vidas.

No dia 14 de agosto de 1831 os poloneses foram vencidos pelos russos na chamada revolta de Varsóvia e muita gente morreu sonhando com a liberdade.

No dia 14 de agosto de 1844 a França invadiu Marrocos.

No dia 11 de agosto de 1863 a França dominou o Cambodja.

Na cidade de Nova York, no dia 6 de agosto de 1890, o primeiro homem foi eletrocutado numa cadeira elétrica, como se o governo americano, arvorando-se em defensor de sua sociedade, achasse justo tirar a vida de um homem que tirou a vida de outro, isto é, fazendo a mesma coisa.

Em 24 de agosto de 1910, o Japão invadiu a Coréia, às custas de muito sangue, de muitas lágrimas.

No dia 1º de agosto de 1914 começou a 1ª Grande Guerra Mundial.

A Itália se apoderou, pela força das armas, da ilha de Corfu no dia 27 de agosto de 1923.

Com a morte de Hinderiburgo ocorrida no dia 2 de agosto de 1932, Hitler assume o governo da Alemanha.

A cidade de Pequim é invadida pelos japoneses no dia 8 de agosto de 1937.

Não satisfeitos com milhões de vítimas causadas pela I Grande Guerra Mundial iniciada no dia 1º de agosto de 1914, os homens iniciam a II Grande Guerra Mundial em agosto de 1939.

Mais de duzentas mil pessoas morreram nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, quando as cidades de Hiroshima e Nagazaki foram destruídas pela bomba atômica, deixadas cair pelos pilotos Thomas Ferrebre e W. Copoeland.

No dia 13 de agosto de 1961 foi iniciada a construção de um muro, em Berlim, depois mais conhecido como o Muro da Vergonha.

O Paquistão e a Índia começaram a lutar no dia 25 de agosto de 1965.

O Exército Vermelho invadiu a Tchecoslováquia no dia 21 de agosto de 1968.

Na Irlanda do Norte, no dia 12 de agosto de 1968, católicos e protestantes começaram a se matar em nome de Deus.

No dia 8 de agosto de 1974 Richard Nixon renunciou à presidência dos Estados Unidos, em conseqüência dos escândalos de Watergate.

Em agosto de 1943 o navio "Cidade de São Paulo" chocou-se com uma das alas da Escola Naval. Dezoito pessoas morreram, inclusive Dom José da Afonseca e Silva, arcebispo de São Paulo, além de muitos feridos.

Durante o mês de agosto de 1952 caiu um DC-3 em Goiás, matando vinte e quatro pessoas e, em São Paulo, caiu um avião President com um saldo de quarenta e seis mortos e trinta feridos.

Em agosto de 1963 dez pessoas morreram em conseqüência de um choque entre aviões da Força Aérea Brasileira, em Viçosa, Alagoas.

Um DC-8, no dia 21 de agosto de 1963, quando tentava vôo com destino à Europa, caiu no Galeão matando doze pessoas.

No dia 4 de agosto de 1963 dois aviões de treinamento da FAB se chocaram em Jacarepaguá ocasionando a morte de seis aspirantes da Aeronáutica.

Em agosto de 1965, um avião da TAP caiu em Cuiabá, fazendo oito vítimas.

Em agosto de 1965 o navio "Duque de Caxias" pegou fogo em Cabo Frio, quando trinta pessoas perderam a vida.

Em agosto de 1955 cinco pessoas morreram no incêndio da boate Vogue, dentre elas o cantor americano Warren Hayes.

Em agosto de 1958, uma violenta explosão seguida de um pavoroso incêndio, num paiol de pólvora do Exército em Marechal Deodoro, matou dezenas de pessoas, deixando milhares de desabrigados.

Em agosto de 1959, um incêndio que destruiu uma fábrica de tintas, no Rio de Janeiro, fez cinco vítimas, entre as quais três bombeiros.

Como resultado de uma crise política que assolou o país, suicidou-se, às 08:30 horas do dia 24 de agosto de 1954, no Rio de Janeiro, o então presidente da República Getúlio Vargas, renunciando, assim, não somente à presidência da República como também à vida.Forças estranhas fizeram com que o presidente Jânio Quadros renunciasse à presidência da República no dia 25 de agosto de 1961.

Vítima de um desastre automobilístico, Juscelino Kubitscheck faleceu no dia 22 de agosto de 1976.

Satisfeito?

sábado, 24 de julho de 2010

Vai explicar para ele!

Um casal está no zoológico e passa pela jaula do gorila macho.

- Marcos - diz a mulher - sabia que os gorilas são os animais mais parecidos com o ser humano relativamente ao seu comportamento? Olha só,
vou mostrar um seio meu e aposto que vai se excitar como um homem.
Mariza mostra o seio e o gorila começa a ficar excitado e a mover as barras da jaula.
- Viu? - diz a mulher - os homens são iguaizinhos a eles, não conseguem controlar os seus instintos animais.
E Marcos diz-lhe:
- Agora mostra-lhe os dois, para ver o que acontece.
A mulher levanta a blusa e mostra-lhe os dois seios e o gorila ainda fica mais excitado e desesperado por sair.
Marcos diz:
- Incrível, agora desce as calças e mostra a bunda, só para ver o que se acontece!
A mulher baixa a calça, e o gorila, completamente excitado, arrebenta as barras da jaula, sai e agarra a mulher...

- Marcos me ajuda!Socorroooooooooooo!!!!

E Marcos fala:

- Agora, explica pra ele:

Que hoje não está com vontade...

Que está com dor de cabeça...

Que está cansada....

Que está com dor de garganta...

Que trabalhou demais...

Que tão depressa nãooooo...

Que te entenda como mulher...

Que está deprimida...

Que está menstruada...

Que está enjoada...

Que só quer que te abrace...

Que está nervosa...

Que tem que acordar muito cedo...

Que hoje acordou muito cedo...

Que andou muito hoje...

Que está super carente e só quer carinho...

Que está muito tensa e só quer massagens de relaxamento...

Que está com vontade de ver TV...

Que não quer perder a novela...

Aí eu quero ver se ele te entender.... Isso eu quero ver!!!!!!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Ajude a absolver a velhinha...

O JULGAMENTO DA VELHINHA!!!!!!!

Juiz: Qual sua idade?

Velhinha: Tenho 86 anos.

Juiz: A senhora pode nos dizer com suas próprias palavras o que lhe aconteceu no dia 1º de abril do ano passado???

Velhinha: Claro, doutor. Eu estava sentada no balanço de minha varanda, num fim-de-tarde suave de verão, quando um jovem sorrateiramente senta-se ao meu lado.

Juiz: Você o conhecia?

Velhinha: Não, mas ele foi muito amigável...

Juiz: O que aconteceu depois?

Velhinha: Depois de um bate-papo delicioso, ele começou a acariciar minha coxa.

Juiz: A senhora o deteve?

Velhinha: Não.

Juiz: Por que não?

Velhinha: Foi agradável. Ninguém nunca mais havia feito isto comigo desde que meu Ariovaldo faleceu, há 30 anos.

Juiz: O que aconteceu depois?

Velhinha: Acredito que pelo fato de não tê-lo detido, ele começou a acariciar meus seios.

Juiz: A senhora o deteve então?

Velhinha: Mas claro que não, doutor...

Juiz: Por que não?

Velhinha: Porque, Meritíssimo, ele me fez sentir viva e excitada. Não me sentia assim há anos!

Juiz: O que aconteceu depois?

Velhinha: Ora Sr. Juiz, o que poderia uma mulher de verdade, ardendo em chamas, já de noitinha, diante de um jovem ávido por amor? Estávamos à sós, e abrindo as pernas suavemente, disse-lhe: Me possua, rapaz!

Juiz: E ele a possuiu?

Velhinha: Não. Ele gritou: 1º de abriiiiilllll! Foi aí que eu dei um tiro no filho da puta!!

A VELHINHA É INOCENTE!

Novos Ônibus dos Times Brasileiros!!!

A Volkswagem Caminhões e Ônibus divulgou hoje, imagens dos 
ônibus de alguns clubes, que serão utilizados em 2010.
 












Desordem no Tribunal

Esses diálogos foram retirados do livro 'Desordem no tribunal'. São coisas que as pessoas disseram, e que foram transcritas textualmente pelos taquígrafos que tiveram que permanecer calmos enquanto estes diálogos realmente aconteciam à sua frente.    

Advogado : Qual é a data do seu aniversário?
Testemunha: 15 de julho.
Advogado : Que ano?
Testemunha: Todo ano.
____________________________________________

Advogado : Essa doença, a miastenia gravis, afeta sua memória?
Testemunha: Sim.
Advogado : E de que modo ela afeta sua memória?
Testemunha: Eu esqueço das coisas.
Advogado : Você esquece... Pode nos dar um exemplo de algo que você tenha esquecido?
____________________________________________

Advogado : Que idade tem seu filho?
Testemunha: 38 ou 35, não me lembro.
Advogado : Há quanto tempo ele mora com você?
Testemunha: Há 45 anos.
____________________________________________

Advogado : Qual foi a primeira coisa que seu marido disse quando acordou aquela manhã?
Testemunha: Ele disse, 'Onde estou, Bete?'
Advogado : E por que você se aborreceu?
Testemunha: Meu nome é Célia.
____________________________________________

Advogado : Seu filho mais novo, o de 20 anos....
Testemunha: Sim.
Advogado : Que idade ele tem?
______________________________________________

Advogado : Sobre esta foto sua... o senhor estava presente quando ela foi tirada?
_______________________________________________

Advogado : Então, a data de concepção do seu bebê foi 08 de agosto?
Testemunha: Sim, foi.
Advogado : E o que você estava fazendo nesse dia?
_______________________________________________

Advogado : Ela tinha 3 filhos, certo?
Testemunha: Certo.
Advogado : Quantos meninos?
Testemunha: Nenhum
Advogado : E quantas eram meninas?
_______________________________________________

Advogado : Sr. Marcos, por que acabou seu primeiro casamento?
Testemunha: Por morte do cônjuge.
Advogado : E por morte de que cônjuge ele acabou?
_______________________________________________

Advogado : Poderia descrever o suspeito?
Testemunha: Ele tinha estatura mediana e usava barba.
Advogado : E era um homem ou uma mulher?
_______________________________________________

Advogado : Doutor, quantas autópsias o senhor já realizou em pessoas mortas?
Testemunha: Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas...
_______________________________________________

Advogado : Aqui na corte, para cada pergunta que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral, Ok? Que escola você freqüenta?
Testemunha: Oral.  
_______________________________________________

Advogado : Doutor, o senhor se lembra da hora em que começou a examinar o corpo da vitima? Testemunha: Sim, a autópsia começou às 20:30 h.
Advogado : E o sr. Décio já estava morto a essa hora?
Testemunha: Não... Ele estava sentado na maca, se perguntando porque eu estava fazendo aquela autópsia nele...
_____________________________________________

Advogado : O senhor está qualificado para nos fornecer uma amostra de urina?
_______________________________________________

Advogado : Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima?
Testemunha: Não.
Advogado : O senhor checou a pressão arterial?
Testemunha: Não.
Advogado : O senhor checou a respiração?
Testemunha: Não.
Advogado : Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou?
Testemunha: Não.
Advogado : Como o senhor pode ter essa certeza?
Testemunha: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
Advogado : Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
Testemunha: Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito em algum lugar !!! 

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Como Calcular a Quilometragem da Sua Mulher...

Playboy lança site seguro para o trabalho, sem foto de mulher pelada!



Leitores da “Playboy” que gostariam de acessar o site da revista no trabalho, mas tinham medo de serem flagrados com fotos de mulheres nuas enquanto procuravam uma reportagem de comportamento ou piada, têm um novo endereço na web.
A Playboy Enterprises Inc. lançou nesta terça-feira (20) o site “The Smoking Jacket”, que não mostra uma só foto de mulher pelada. Em vez disso, a página vai contar com humor, artigos sobre sexo, vídeos e notícias sobre celebridades para atingir público-alvo da “Playboy”, homens de 25 a 34 anos de idade, quando eles têm maior probabilidade de estar na frente de uma tela de computador.
“Muitos dos nossos acessos (para Playboy.com) são registrados depois do trabalho e vimos que estávamos perdendo uma oportunidade de ouro para alcançar os leitores enquanto eles estão mais tempo on-line: quando estão sentados em sua mesa, não trabalhando e enviando e-mails para seus amigos “, disse Jimmy Jellinek, diretor editorial da Playboy.
O site não inclui as longas entrevistas ou artigos em profundidade encontrados na revista, apostando em uma linguagem mais descontraída. Entre outros conteúdos, “The Smoking Jacket” terá imagens de concursos de playmates, incluindo batalhas de cabo de guerra entre coelhinhas de maiô, e vídeos de momentos engraçados da televisão americana.

Fonte: G1

Feliz Dia do Amigo!

A torcida do Flamengo vigiando o sítio do Bruno!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Nova Dupla Sertaneja!

Poema Dele e a Resposta Dela!

POEMA ESCRITO POR ELE:

Que feliz sou eu, meu amor!
Já, já estaremos casados,
O café da manhã na cama,
Um bom suco e um pão torrado

Com ovos bem mexidinhos
Tudo pronto bem cedinho
Depois irei para o trabalho
E você para o mercado

Daí você corre pra casa
Rapidinho arruma tudo
E corre pro seu trabalho
Para começar o seu turno

Você sabe que de noite
Gosto de jantar bem cedo
De ver você bem bonita
Alegre e sorridente

Pela noite minisséries
Cineminha bem barato
Nada, nada de shoppings
Nem de restaurantes caros

Você vai cozinhar pra mim
Comidinhas bem caseiras
Pois não sou dessas pessoas
Que gosta de comer besteiras....

Você não acha, querida
Que esses dias serão gloriosos?
Não se esqueça, meu amor
Que logo seremos esposos!


POEMA ESCRITO POR ELA:
 
Que sincero meu amor!
Que oportunas tuas palavras!
Esperas tanto de mim
Que me sinto intimidada

Não sei fazer ovo mexido
Como sua mãe adorada,
Meu pão torrado se queima
De cozinha não sei nada!

Gosto muito de dormir
Até tarde, relaxada
Ir ao shopping fazer compras
Com o Visa tarja dourada

Sair com minhas amigas,
Comprar só roupa de marca
Sapatos só exclusivos
E as lingeries mais caras

Pense bem, que ainda há tempo
A igreja não está paga
Eu devolvo meu vestido
E você seu terno de gala

E domingo bem cedinho
Prá começar a semana,
Ponha aviso num jornal
Com letras bem destacadas:

HOMEM JOVEM E BONITO
PROCURA ESCRAVA BEM LERDA
PORQUE SUA EX-FUTURA ESPOSA
MANDOU ELE IR À MERDA!

Sobre a Reunião Mundial de Mulheres...

As mulheres, em reunião mundial, resolveram fazer um complô contra os homens. Decretaram que, a partir daquela data, não iriam fazer mais nada em casa.
Três meses depois, em outra reunião, elas decidiram contar o que tinha acontecido a partir de então.

 Primeiro, a francesa:

"Eu quando cheguei a casa fui logo dizendo ao meu marido: "A partir de hoje não faço mais nada aqui em casa. “Não cozinho um grão de arroz...”

No 1º dia não vi nada.
No 2º dia não vi nada.
No 3º dia já o vi cozinhando seu arroz, fritando um ovo... e ele está pensando em abrir uma rotisserrie!!!

Aí a americana contou:

"Quando cheguei a casa fui logo avisando a novidade: Não lavo mais uma peça de roupa. Nem uma cueca..."

No 1º dia não vi nada.
No 2º dia também não vi nada.
No 3º dia já o vi indo para o tanque, lavando suas cuecas.... ele já tem um sócio pra abrir uma lavanderia!!!

Aí foi a vez da brasileira, Raimundinha, nordestina, ali, do Ceará:

"Chegando a casa já fui logo gritando forte: Não faço mais porra nenhuma aqui em casa, mas nada mesmo..."

No 1º dia não vi nada.
No 2º dia não vi nada.
No 3º dia continuei não vendo nada..
No 4º dia fui voltando a enxergar, o olho já foi desinchando, e já dava pra ver o vulto dos  meninos...

Aprendendo os Plurais!

        1 médico = um doutor

        2 médicos = uma cirurgia

        3 médicos = uma clínica

        4 médicos = uma putaria

        ---------------------------

        1 advogado = um doutor

        2 advogados = um escritório

        3 advogados = uma reunião

        4 advogados = uma quadrilha

        ---------------------------

        1 arquiteto = uma bicha

        2 arquitetos = uma bicha e um carnavalesco

        3 arquitetos = uma bicha, um carnavalesco e um cabeleireiro

        4 arquitetos = uma festa gay

        ---------------------------

        1 carioca = 1 surfista

        2 cariocas = 2 surfistas

        3 cariocas = 1 boca de fumo

        4 cariocas = um arrastão

        ---------------------------

        1 gaúcho = um cabra macho, tchê !

        2 gaúchos = uma briga de faca

        3 gaúchos = um rodeio

        4 gaúchos = uma parada gay..

        ---------------------------

        1 baiano = um cantor

        2 baianos = uma luta de capoeira

        3 baianos = um grupo de axé

        4 baianos = um terreiro de macumba

        ---------------------------

        1 paulista = uma micro-indústria

        2 paulistas = uma indústria de médio porte

        3 paulistas = uma indústria de grande porte

        4 paulistas = uma catástrofe ecológica

        ---------------------------

        1 paraíba = um porteiro

        2 paraíbas = repentistas tirando versos

        3 paraíbas = um canteiro de obras

        4 paraíbas = um caminhão de pau-de-arara indo para São Paulo

        ---------------------------

        1 chinês = uma lavanderia

        2 chineses = uma pastelaria

        3 chineses = uma equipe de pingue-pongue

        4 chineses = uma explosão demográfica

        ---------------------------

        1 italiano = um jornaleiro

        2 italianos = uma pizzaria

        3 italianos = um ensaio de ópera

        4 italianos = novela das oito

        ---------------------------

        1 argentino = um filho da puta

        2 argentinos = dois filhos da puta

        3 argentinos = três filhos da puta

        4 argentinos   =  quatro  filhos da puta

        ---------------------------

        1 petista = um idealista

        2 petistas = dois camaradas

        3 petistas = bando de terroristas

        4 petistas = um mensalão

segunda-feira, 12 de julho de 2010

As 8 Coisas que Você Precisa saber sobre Bruno, o Goleiro!


1. Qual a diferença entre o Ronaldo Fenômeno e o Bruno? Resposta: O que não mata, engorda!
2. As mulheres dizem que Cristiano Ronaldo e Kaká são lindos de morrer. Elas precisam conhecer o goleiro Bruno. Ele é de matar.
3. Bruno dispensa advogado, alegando que como ele é goleiro, fará sua própria defesa.
4. Goleiro Bruno vai mudar de esporte. Vai pro XADREZ.
5. Fase do mata-mata: Cristiano Ronaldo mata no peito, Luís Fabiano no braço, Val Baiano mata na canela, Felipe Melo mata no campo e o Goleiro Bruno mata no sítio.
6. O Bruno é tão bom goleiro que nunca engoliu frangos, agora, quando o assunto é presuntos....
7. Poderiam ter levado para a Copa o goleiro Bruno do Flamengo, estaríamos sossegados agora nesta fase do mata-mata!!!!!
8. Esse time do flamengo é bom! O Imperio do amor e do trafico chera pô  e o que mata é o goleiro

domingo, 4 de julho de 2010

Mais um dia que se foi...


Hoje até que o dia passou rápido. Olhava para o relógio pensando ser uma determinada hora, enquanto que era uma totalmente diferente. Logicamente que era uma a mais do que eu acreditava ser. Conferia para ver quantos minutos faltavam para completar três horas da tarde, mas já dariam quase quatro. À tarde, as cinco já tinham aparência de seis ou sete. Até a Lua se colocou na nossa frente mais cedo com os céus ainda claros, compartilhando-os com o Sol. Este, por sua vez, fez questão de pôr-se antes de seu horário que é de costume. Talvez, simplesmente para deixar os horários ainda mais confusos.

Definitivamente, não era apenas uma impressão minha; não era fruto da minha imaginação a ideia de acreditar que o dia estava passando ligeiro. Ele realmente foi diferente de todos os outros - e eu agradeço por ele ter sido. Implorei para que isso acontecesse.

Fiquei aqui, ansioso, a espera de notícias tuas. E nada. Permaneci deitado em minha cama com os olhos cheios de lágrimas aguardando para ouvir a tua doce e meiga voz... Mas acabei ouvindo apenas os meus próprios suspiros que se perdiam no silêncio do meu quarto. Perdi a conta de quantas vezes fui conferir em meu telefone se havia alguma ligação ou mensagem tua. Tudo em vão. Foi então que cansei de esperar e, ao invés de pedir para que você viesse ate mim, comecei a pedir para que o dia terminasse. Talvez, só assim, vendo a manhã seguinte chegar mais cedo, eu poderia tentar esquecer de ti - Tentar esquecer porque apagar a tua imagem do meu pensamento, deixar de te ouvir a tua voz em meus ouvidos, e não lembrar das boas sensações que são produzidas pelas suas mãos em meus corpo e dos seus lábios nos meus é praticamente impossível.

O dia acabou. E eu sou muito grato por isso. Agora verei se é possível descansar. O meu maior medo é que, quando despertar, você continue sem me procurar e eu continue a te esperar. E se isso acontecer, pedirei mais uma vez que meu dia termine mais cedo.

A Criatura sendo devorada pelo Criador


Nas duas últimas semanas, as gravações do Programa Silvio Santos transcorreram em ritmo acelerado. O apresentador e dono do SBT deseja desincumbir-se quanto antes desse afazer, para ir a uma feira de televisão nos Estados Unidos no fim deste mês. O quase descaso com que Silvio coloca seu programa no piloto automático para viajar diz algo sobre o estado atual da disputa pelo ibope nas noites de domingo. Desde agosto do ano passado, Silvio, o criador, trava uma batalha particular nessa faixa de horário com Gugu, a criatura, que se bandeou para a concorrente Record depois de três décadas no SBT. Nos sete últimos confrontos, Silvio venceu seis vezes e empatou só em uma ocasião (a Globo mantém-se no primeiro lugar). Na semana passada, aplicou sua maior surra no ex-pupilo: foram 12 pontos a 8. Para Gugu, é uma derrota moral. Enquanto os bispos da Record abrem suas arcas divinas para lhe pagar um salarião de 3 milhões de reais e gravar seus quadros assistencialistas em esquema de superprodução, Silvio se vale do que há de mais mixuruca em matéria de atração de auditório. A única inovação, digamos, é de linguagem. Como o programa está indo ao ar até uma hora avançada, eis que se revelou um Silvio Santos mais endiabrado. O apresentador, que fará 80 anos em dezembro, se esmera em comentários maliciosos. "Estão me chamando de velho sem-vergonha", brincou ele há alguns domingos. "Não sou velho. Sou sem-vergonha."

O momento em que essa nova persona emerge com mais frequência é um quadro que Silvio batizou com o nome inocente de Jogo dos Pontinhos. Nele, perguntas capciosas são lançadas a uma bancada formada por cinco convidados, como certa Mamma Bruschetta (uma espécie de matrona italiana transformista) e as modelos Lívia Andrade e Helen Ganzarolli (cujo ponto alto no currículo foi a participação, no início da década, na famigerada caça ao sabonete da Banheira do Gugu). Silvio escolhe algumas moças da plateia para tentar adivinhar as respostas – e, assim, embolsar aqueles aviõezinhos de notas de 50 reais que ele atira para a turba feminina. "O brasileiro gosta mais de perna fina ou de perna grossa?", pergunta. E, em seguida: "Como fulana gosta de dormir nas noites quentes de verão?". A gincana funciona, na prática, apenas como pretexto para conversa mole. A ex-musa da banheira ficou roxa quando o patrão disparou: "Helen, sabe que eu sonho com você toda noite? Acordo com minha mulher falando: ‘Silvio, por que você está gemendo?’". Na semana passada, ele se aproximou da bela Lívia, com quem vive trocando provocações, e mediu forças com ela no palco, olhos nos olhos – os dois ficaram a menos de um palmo de distância. "Aquilo me deu um calorão, uma coisa estranha", diz ela. A modelo não se mostra nem um pouco acanhada nas trocas de farpas picantes com Silvio. "Temos uma conexão. Quando ele joga a bola, estou sempre pronta para rebater", afirma. Silvio perde os limites não só quando sexo é o assunto. Em uma participação em seu programa, Naná, a ex-big brother sessentona, ouviu a seguinte grosseria: "Essa é a Eliana depois que engordou e ficou velha?".

Ao ver que a tática de Silvio Santos colou – pois seu programa agora atrai um naco dos homens e mulheres jovens que nesse horário ficavam zapeando entre o Fantástico e o humorístico Pânico na TV –, Gugu passou recibo. Recentemente, começou a exibir na mesma faixa uma competição sensual entre loiras e morenas. Mas o apresentador terá de suar muito para reverter a crise. No momento, o Programa do Gugu está sob intervenção direta dos bispos que dirigem a Record. Eles passaram a decidir pessoalmente o que deve ou não ir ao ar. E Homero Salles, diretor de confiança do apresentador, está com o cargo ameaçado. Enquanto isso, Silvio prepara-se para dar seu giro pelos Estados Unidos. O criador devora a criatura.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Romeu e Julieta


Viver no mundo em que viviam Romeu e Julieta não é fácil. Nem um pouco mesmo! E isso afirmo por experiência própria - aliás, experiência errante -, e que me faz até chorar. Tudo por causa dos que não aprovam o tal romance. 
Para os apaixonados, não há nada de errado - mesmo que o certo para eles seja o mais errado que possa existir. Todos os riscos são válidos, tudo é possível, tudo é perfeito... Todas as coisas poderão e deverão ser feitas. O que importa é que os dois estejam juntos e se amando.
Já para os expectadores de tal relacionamento, está tudo fora dos conformes, nada acertado. Indo em direção ao fundo do poço. E se o fundo desse poço não for o mais fundo, há quem cave mais ainda para tentar acabar de vez por todas com a situação.

Cansado: essa é a palavra que define quem vive esse tipo de relacionamento. O cansaço é o que leva ao desgaste, e até a ruptura do pequeno grando romance. Normalmente cansa-se pela monotonia, pela falta de emoção, de harmonia e paixão entre o casa, quando o fogo se apaga. Mas e quando a chama está a mais forte possível? Mas e quando a paixão queima e a votade de estar juntos é a maior de em todos os tempos?
O suor vem do menos esperado: não é este o suor da excitação, do contato físico que faz o coração bater mais rápido. Este suor que aos leitores falo é o suor do cansaço de esperar a vez, da impaciência e da aflição - tudo causado pela ansiedade pelo toque dos lábios e do corpo que às vezes não é possivel.

Romeu e Julieta eram infelizes - e ponha infelizes nisso. A infelicidade dos dois era mascarada pelo amor que um tinha pelo outro; a sensação de amar era suficientemente tranquilizante para dissimular a insatisfação resguardada deles e explicita dos demais. Como eu poderia dizer que os personagens (talvez os mais conhecidos de William Shakespeare) eram felizes se ninguém, nem mesmo os seus pais, aprovavam o amor entre eles?

O amor é um sentimento lindo, realmente. Mas o amor verdadeiro, pelo qual estou passando, é mais do que isso: é mágico, é enlouquecedor e faz com que se queira nunca mais deixar de ser louco!

quinta-feira, 1 de julho de 2010

É a Copa do Mundo!



As zebras da Copa do Mundo fizeram o Mc Donald's mudar os sanduíches "Favoritos". No lugar de Espanha, França e Estados Unidos, vão entrar os sanduíches do Chile, da Sérvia e da Argélia.
Da sérvia, a especialidade será o pão com cevapcici, a carne na brasa cortada em tiras, típica do país de Petkovic. Da Argélia, será lançado o McBurek, uma massa recheada com carne, ovos fritos e cebola picada. Por fim, o prato em homenagem ao Chile é o sanduíche de cordeiro da Patagônia. "Sorte nossa que não fizemos o sanduíche em homenagem a Inglaterra, ou teríamos que trocar mais um", diz o gerente de vendas da empresa, Ronald da Silva. Depois da derrota para a Eslovênia, a Itália saiu do cardápio. Os favoritos de Brasil, Argentina e Alemanha continuam na lista. Por enquanto.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

A História de Nossa História - Parte 3

Capítulo III – O Fim (?)

          Como se não bastasse, a professora de Língua Portuguesa decidiu na hora: iria arrumar a sala de determinada maneira. E tal organização, adivinhe... Fez com que Ludgero e Olívia sentassem juntos, lado a lado. No primeiro momento, o pobre rapaz até pensou em aproveitar da situação para pedir a linda moça para sair. Porém, a conversa rendeu mais do que isso. Ludgero conheceu a fundo Olívia, e esta viu melhor quem era aquele menino.
          O papo vai, o papo vem... O PAPO VEIO!
          - Olívia, quer namorar comigo?
          - Só se for agora, Ludgero!
          Muitos dizem que não foi bem assim, ou que pelo menos a resposta de Olívia não foi exatamente essa. Mas uma coisa foi unânime: todos falaram do brilho no olhar de Olívia e no sorriso envergonhado e ao mesmo tempo feliz de Ludgero pelo o que estava acontecendo.
          Apesar de não ter ocorrido, merecia: fogos de artifício iluminando a escuridão de mais uma noite de aula, champagne para um brinde espetacular ao mais novo casal; o beijo! O único que ocorreu foi este último.
          Ludgero define até hoje como um momento mágico. Apesar de Olívia não ser muito afim de beijos, duvida-se que ela não tenha gostado. E é isso, apenas isso... O mais perfeito dos casais estava formado. Todos faziam gosto dos novos namorados. Ouve-se por aí que até hoje tentam separar o tal casal. Eu, como mero narrador, não sei ao certo o que acontece: não sei se é o amor que é maior... Só sei que estão juntos e a cada dia estão mais felizes um com o outro.

         Escrever sobre o romance entre Ludgero e Olívia não é uma coisa fácil... E não pode ser definido como fim – até porque, esse é apenas o início de uma linda história de amor!

domingo, 20 de junho de 2010

A História de Nossa História - Parte 2

Capítulo II – O Meio

          Talvez ela estivesse cansada de esperar uma ação de Ludgero, talvez ela estivesse simplesmente querendo se apresentar. O que se sabe é que a menina mais linda, graciosa e delicada daquele mesmo grupo que antes não parava de falar do Baptista, levantou-se e foi cumprimentá-lo.
          Ela era linda mesmo! Seus olhos cor de mel adoçaram os pensamentos de Ludgero Baptista; sua boca fina, mas ao mesmo tempo sensual, despertou o desejo do pobre moço. Cabelos entre o loiro e o castanho bem claro... Branca, mas tão branca que parecia que acabara de chegar de algum país europeu – clara como a luz da Lua! Parecia uma boneca de porcelana feita pelas mãos mais abençoadas de tão perfeita que era.
          E foi apenas isso:
          - Olá, meu nome é Olívia... Se você precisar de algo...
          Apenas isso mesmo! E antes mesmo que Ludgero pudesse agradecer a recepção e também demonstrar a sua disponibilidade, Olívia Azzolini virou-se e retornou para seu lugar. Mas ao menos agora ele ficara satisfeito, pois sabia o nome da menina que despertara o seu fogo, a sua paixão.
          Até agora, não se sabe quem mais envergonhado ficou: ambos ficaram mais vermelhos que pimenta; ela, atrevem-se alguns a dizer que, estava vermelha igual a um morango – E QUE MORANGO! Ops, sou apenas o narrador da história (?), não posso demonstrar a minha opinião (???).
          Sem contar que ambos deram aquele sorrisinho safado, sem vergonha e que sempre diz algo...

sábado, 19 de junho de 2010

A História de Nossa História - Parte 1

Capítulo I – O Início

          Eram seis da tarde de uma sexta-feira. Primeiro dia de aula de Ludgero Baptista em seu novo colégio. A timidez era tamanha. E mesmo que ele quisesse se esconder no meio dos outros, não havia como: enquanto todos trajavam o uniforme da escola, Ludgero vestia apenas uma calça social preta e uma camisa discreta acinzentada.
          Ludgero Baptista era um jovem como todos os outros. Fazia tudo o que a sua idade mandava fazer; se vestia como todos os outros se vestiam; falava e se portava como qualquer um. Pálido de tão branco, com barba por fazer, ele simplesmente não pensava em nada mais do que estudar. De altura mediana, cabelos e olhos castanhos, não tinha nenhum diferencial em relação aos outros.
          Sem conhecer ninguém, seria natural que esse novo aluno tentasse fazer novas amizades, ou pelo menos, se enturmar entre os veteranos. Não foi o que aconteceu. Ludgero Baptista simplesmente isolou-se, sentou na última carteira da fileira do canto da sala, sozinho, apenas com seu caderno.
          Enquanto o professor falava, o único calouro da turma não se cansava de escrever. As anotações eram muitas: desde fórmulas passadas pelos mestres até mesmo as resoluções dos próprios exercícios.  Era sempre o primeiro a responder as questões feitas pelos professores. Em um instante, conseguiu o carinho de muitos deles e a antipatia de alguns colegas de classe. Enquanto os professores comentavam que Ludgero era “um exemplo de aluno dedicado”, ouvia-se pelas bocas de uns e outros que era exemplo de “um menino metido e convencido”.
          No outro pólo da sala – na primeira fileira e próxima a mesa do professor -, encontrava-se um grupinho de meninas que não parava de conversar. Sobre o que, não se sabe; sabe-se apenas que a mais graciosa, a mais delicada e encantadora delas não parava de olhar para Baptista. Este acabou por começar a se encabular – até porque, quem gosta de ser o centro das atenções quando não conhecemos ninguém além de nós mesmo?
          O intervalo teria vindo em boa hora se fosse o momento perfeito para conhecer melhor os vários novos colegas. Mas quem disse que deu para fazê-lo? O pouco tempo não deu nem para terminar o lanche! A correria era intensa. Professores trocando de horário, alguns alunos em salas erradas... Mas nada disso era motivo para Baptista trocar uma sequer palavra com alguém, por mais engraçado que fosse a situação.
          A aula recomeçou, nada mudou. Ou pelo menos até então...

terça-feira, 15 de junho de 2010

Oh Barulheira!

Pois é...
O Brasil todo já sabe: hoje é a grande estréia da nossa seleção na Copa do Mundo! E eu, inclusive... Irei contar um fato que me ocorreu hoje e que, sem dívida, os farão rir um pouco.
Eram seis horas da manhã. Os gritos já eram escutados por todo o quarteirão. Não sei o que estava acontecendo, mas por aqui por perto coisa boa não era! As vuvuzelas não paravam de tocar - e isso, seis horas da manhã! Todos sabem como sou fã das tais cornetas... Parecia o som vindo dos infernos!

Às sete horas da manhã o som cessou. Mas por apenas alguns minutos. As vuvuzelas e gritos foram abafados pelo som de fogos de artifício. Se ao menos fossem daqueles bonitos e que fazem de tudo no céu - sei lá como, mas nunca vejo nada que dizem que eles irão escrever: se falarem que irão escrever "Brasil" no céu, acredite, você verá nada mais e nada menos que um garrancho! Eram aqueles que só fazem barulho mesmo! Pum Pum Pum... Pá Pá Pou! E dá-lhe barulho! Eu, que ja sofro de insônia, fiquei com menos sono ainda!

Mas eu tentei voltar a dormir, acreditem se quiser! Dormi até agora pouco, puto da vida... Agora, nesse exato momento, estou passando os canais de TV: todos falando sobre Copa! "E o show que vai ter na alzira Brandão..."; "E o show que vai ter em Copacabana..."; "E o show que vai ter na África do Sul!" Não dá vontade de falar para ir tomar no c.?

E estou vendo o que vem por aí: quando for à escola - se é que vou -, não vai ter nada para fazer por lá...
Ou seja, VIVA A COPA!


domingo, 13 de junho de 2010

Troca de Presentes dos Namorados!

Feliz Dia dos Namorados para todos!

Razões para não ter um namorado...

(Se o seu namorado é o da foto, você não tem mesmo o porquê de ter namorado!)

Se tiver mais alguma razão que queira partilhar, escreva-a na caixa de comentários.
  • Acabou-se o futebol e a SporTV!
  • Os jantares tornam-se mais agradáveis, sem arrotos, sem palitar de dentes, sem tirar a cera do ouvido…
  • Não há sogra!
  • Pode fazer compras todos os dias sem que te chateiem…
  • No dia dos namorados não é preciso ir trocar o presente horroroso que os namorados sempre dão…
  • Não há mentiras sobre tamanhos e afins…
  • Pode comer chocolate à vontade, sem ter de ouvir que vai ficar gorda…
  • Pode finalmente falar mal de toda a gente, sem que te censurem…
  • Se comprares um vibrador vais descobrir que é o mesmo que ter namorado, mas sem arrotos, e dura mais que 2 vezes por noite…

Razões para não ter uma namorada...

(Se a sua namorada é a da foto, você não tem mesmo o porquê de ter namorada!)

  • Fazer a barba quando estiver com vontade. 
  • Pode jantar com as amigas, embebedar-se e ainda curtir com todas elas… não haverá perguntas depois! 
  • Não há sogra! 
  • Não há mais idas ao cinema para ver filmes lamenchas, com o Brad Pitt… 
  • Com o dinheiro que se gastaria no Dia dos Namorados, compra uma PS3 com o PES. 
  • Não é preciso mentir! 
  • O Sábado passa a ser para coisas importantes, como sexo… 
  • O comando da televisão é somente para si!! 
  • Acabaram-se os Extreme Make Overs… 
  • Se comprar uma máquina de lavar louça, de roupa e TV é o mesmo de ter namorada, mas estes não reclamam! 
  • Finalmente, agora tens todo o tempo para realizar o teu sonho: encontrar a boazona, milionária da tua vida – porque só assim vale a pena ter namorada! 


    sexta-feira, 11 de junho de 2010

    Já que estamos em ritmo de Copa....

    Que coisa feia! Um dos hinos mais bonitos do mundo é destruído pela Orquestra do Zimbábue

    Japinha Cantando "I'm Yours"

    Vale a pena dar uma olhada!

    domingo, 6 de junho de 2010

    Inicial...


    Não sei o que acontece comigo,
    Inexplicavelmente vem essa sensação...
    Como se uma onda no mar,
    Ou como se uma brisa leve no fim de tarde
    Levasse toda a minha tristeza embora
    E deixasse apenas o que há de bom em mim!

    Tentarei agora evitar que mais uma brisa venha
    E leve embora essa maravilhosa sensação...

    Agora estou confortável...
    Mais alguns minutos - os melhores de minha vida,
    Olhando para dentro de mim e vendo apenas você!

    sexta-feira, 4 de junho de 2010

    quinta-feira, 3 de junho de 2010

    Menina e Moça



    É leda a flor que desponta
    Sobre o talo melindroso,
    E o arrebento voçoso
    Crescendo em flóreo tapiz;
    É doce o romper da aurora,
    Doce a luz da madrugada,
    Doce o romper da alvorada,
    Doce, mimoso e feliz!

    É bela a virgem risonha
    Com seus músicos acentos,
    Com seus virgens pensamentos,
    Com seus mimos infantis;
    Como enquanto enceta a vida
    Que à luz sorri da existência,
    Que tem na sua inocência
    Da mocidade o verniz.

    Vinga a flor a pouco e pouco,
    Cada vez mais bem querida,
    Tem mais encanto, mais vida,
    Tem mais brilho, mais fulgor:
    De cada gota de orvalho
    Extrai celeste perfume,
    E do sol no raio assume
    Cada vez mais viva cor.

    Assim à virgem mimosa,
    Pouco e pouco, noite e dia,
    Mais viva flor de poesia
    do rosto lhe tinge a cor;
    E um anjo nos meigos sonhos,
    Do seu peito na dormência
    Derrama o odor da inocência,
    Um doce raio de amor!

    Porque tudo, quando nasce,
    Seja a luz da madrugada,
    Seja o romper da alvorada,
    Seja a virgem, seja a flor;
    Tem mais amor, tem mais vida,
    Como celeste feitura,
    Que sai melindrosa e pura
    Dentre as mãos do criador.

    sábado, 29 de maio de 2010

    A Fantasia do Negão...



    Quando Josevaldo chega em casa olha pra esposa e diz:
    - o mulé faz uma fantasia bem bonita que é pra eu usar na festa de final de ano da empresa!
    A esposa sempre prestativa e muito prendada concorda em fazer a fantasia. No dia seguinte quando o negão chega em casa se depara com uma fantasia do super-homem em cima da cama, indignado ele grita:
    - O mulé que merda de fantasia é esta!?Tu já viu super-homem preto!?Pode fazer outra fantasia porque com esta eu não vou, não!.
    No outro dia quando chega em casa ele vê uma fantasia do batman com bomerang e tudo muito bonita feita no capricho pela esposa; ele olha e diz puto da vida:
    -Puta que pariu que porra de mulé burra! onde que já se viu o batman negão! Porra mulé tu tá de sacanagem comigo!? Pode fazer outra que com essa eu também não vou
    No outro dia quando novamente ele chega do trabalho ele se depara com três botões brancos bem grandes em cima da cama, um cinto branco bem largo e um pedaço de pau. Sem entender nada ele pergunta:
    - O mulé que merda de fantasia é esta que você inventou?!
    A esposa muito calmamente vira p/ele e diz:
    - Ora Josevaldo, na verdade são 3 fantasias
    - Três! - responde o negão.
    - Isso mesmo, a primeira você coloca o três botões grandes colados na sua barriga em diagonal e vai de dominó!
    - A segunda você pode colocar o cinto branco e ir de biscoito negresco.
    - E se vc não gostou de nenhuma das duas, pode pegar o pedaço de pau enfiar no CÚ! e ir fantasiado de chicabon!.

    quarta-feira, 26 de maio de 2010

    Citação do dia


    "Se quer uma definição para o que seja FELIZ, apenas olhe para mim e terá a resposta!"

    (Ludgero Baptista dando uma indireta para Olívia Azzolini)


    domingo, 23 de maio de 2010

    Frase da Semana...


    "Quando somos pacientes, coisas que normalmente consideraríamos muito dolorosas acabam não parecendo tão ruins. Ao contrário, quando não existe a tolerância paciente, até as menores contrariedades parecem insuportáveis. Tudo depende da nossa atitude diante dos fatos."

    Dalai Lama

    sábado, 22 de maio de 2010

    Com vocês... Justin Biba (?!?)


    Justin Bieber (João Justino Biba da Silva Paunocu), nasceu em Vila Mimosa, no ano de 1924 1994. Entrou na escola cedo e gostava de História, matéria que o inspirou a agir como os franceses. No entanto, foi mandado cedo para o reformatório por maus tratos aos animais porque teria colocado o gato da vizinha no cú. Justin é atualmente odiado por muitos e amados por poucos. Poucos esses conhecidos como Power Rangers. Os mesmos tipinhos de doentes que gostam de Cine, Restart, Fresno e etc. 

    Reformatório e Relacionamentos:


    Justin, por parecer uma mulherzinha puta ordinária sofreu abusos sexuais no reformatório. Os "maus tratos" eram tão regulares que fizeram João Justino se acostumar a dar na Toba. Mas um dia, sua vida mudou: um menino novo chegou no reformatório. Seu nome era Paulão Cavalo. Com seus 2,08 metros de altura, chamava a atenção de todos. Inclusive de João, que acabou conhecendo-o melhor. A primeira semana de amizade foi a mais difícil, especialmente para João - que ficou sem poder sentar por dois anos. Mal sabia este último que, mesmo fudido, ele ainda teria uma esperança. Nesse reformatório, numa certa noite, ocorreu um show de talentos. Nesse show, Paulão (ou Paulete depois das 22:00h) deu a idéia de Justino se apresentar musicalmente. Esse, empolgado com a sugestão, se vestiu de Lady Gaga e apresentou um cover de "Just Dance" chamado "já dei". Ele ganhou o concurso porque tinha muito talento. Não musical, porém de imitar uma bicha.

    Contrato e Fama (?)


    Justin, então descoberto, assinou um contrato para cantar no programa da Oprah. Logo conquistou fama e  passou a ser uma celebridade. Depois disso, começou a andar com as vadias da Disney - o que foi o momento mais feliz da sua vida, por que pode realizar seu maior sonho: Dar o rabo pro Mickey. Aprendeu, então, com os melhores e deixou sua téncica de apertar o "saco"  e cantar com uma voz que dá inveja até no Bon Jovi. Dizem que sua maior técnica é enfiar um chuchu na parte traseira e assim cantar com uma voz angelical de pirralho maconhado.

    Sussessos  Suceços Sucessos (?)

    (Depois vai me dizer que ele não é viado?)

    - "Favorite Girl" - Pica Favorita
    - "One Time" - a primeira vez - conta a história da vez em que ele deu pro Rambo junto com o tio do Truco   - "Down to Earth" - Dando Pra Terra inteira
    - "Bigger" - Grandão
    - "One Less Lonely Girl" - Uma pica solitária a menos
    - "First Dance" - Primeira lap dance (que ele fez prum traveco qualquer na rua)
    - "Love Me" - Me Come
    - "Common Denominator" - Sendo comido pelo Denominador
    - "Baby" - Boquete

    quarta-feira, 19 de maio de 2010

    Imagens da Semana...

    Quem é frequentador desse bar levanta a mão... Ninguém?

    "E o Prêmio de Melhor Pedreiro do ano vai para..."
     
    "A massa de ar quente está me deixando excitado...."
     
     Definitivamente, vou querer um desse! Não quer que vejam o que você está fazendo no computador? Compre um também!

    sábado, 15 de maio de 2010

    Quarta-feira, às nove de alguns anos atrás...


    Numa quarta-feira estava eu saindo do trabalho, às nove e meia da noite, após um dia super cansativo, quando recebo um SMS (super inesperado) de uma amiga, me chamando para ir encontrar ela e uns amigos dela num bar. Estava mesmo precisando relaxar, aceitei o convite e fui me encontrar com ela. Cabe aqui uma breve descrição da moça: é, além de alguém muito inteligente e agradável, absolutamente linda. Como ninguém é perfeito, fuma feito uma louca. E cigarro é uma das poucas coisas capazes de me fazer desistir de uma mulher bonita e interessante. Mas o objetivo não era azarar ninguém, era relaxar de um dia estressante e me divertir com gente interessante. E o grupo era realmente interessante, a conversa fluiu nas mais diversas direções, incluindo uma parte em que fui convidado para uma festa na sexta feira, quando ela ia me apresentar a prima dela, dona da tal festa, e que segundo ela tinha tudo a ver comigo.

    Mas, à medida que a noite foi avançando, o álcool foi fazendo seu efeito. No meu caso, foi tornando o cigarro dela menos fedorento, e no caso dela foi me tornando mais bonito. São dois efeitos bem conhecidos do álcool, e o resultado não poderia ser outro. A noite terminou em beijos. Esta seria a parte agradável que precede qualquer roubada, segundo minha teoria. Mas eu não havia ainda formulado a teoria nesta época. Contra a lógica, eu havia gostado da parada de quarta-feira, fiquei com vontade de encontrar de novo para ver o que rolava. Nos falamos na sexta, e fui na tal da festa de aniversário da prima dela. Aquela que ela, antes de me dar uns beijos, ia me apresentar. Olhando agora, mais cheiro de roubada, impossível.

    O lugar da festa era horrível, um bar mega lotado, onde era impossível conseguir andar ou conseguir uma bebida. A tal festa incluía, além da prima e dela, toda a família, desde o priminho de 15 anos até as tias de 60. Obviamente que toda a família me olhava, era o único rosto não conhecido por ali. O constrangimento da moça era visível. Decidi bancar só o amigo sem interesse e pronto. Como eu já havia aberto mão das outras baladas do dia, resolvi pelo menos beber para entorpecer os sentidos, mas nem isso era possível, o garçom não passava. Notam a semelhança com a espera da churrascaria? O melhor seria não ter nem ido na parada. Uma vez já lá, o ideal seria ter notado a furada e saído à francesa, como, por exemplo, desistir da churrascaria simplesmente ao ver o tamanho da fila de espera. Mas eu não conhecia a teoria, e acabei passando da sala de espera para o restaurante, onde realmente a roubada atinge sua plenitude.

    Neste exemplo, a coisa foi assim: Ela me falou que iam cantar os parabéns e que a ala jovem ia para uma balada chamada “The Clash”. Já era tipo duas da manhã, mas era uma sexta feira, e meu cérebro “Rocker” assumiu, sem perguntar, que uma balada com o nome da melhor banda de rock de todos os tempos ia tocar boa música, isto é, rock. Seria uma boa chance de tentar dar um fim interessante para aquela noite horrível. Quem sabe até terminar a noite com uns beijinhos. E lá fomos nós para a tal balada, que eu nunca tinha ouvido falar. Era num bairro mega decadente, basicamente formado por fábricas e galpões abandonados. Levamos uma boa meia hora para conseguir achar a tal balada em meio àquela Sinistrolândia. A balada em questão era num destes galpões. Chegando lá, começo a ouvir, ainda na rua, aquele “Tuntz Tuntz Tuntz” característico de baladas de música eletrônica. O cheiro de roubada invade o ar. Na entrada, a mocinha da recepção me pergunta se eu quero pagar R$ 45 de entrada ou R$ 135 de consumação! Eram 3 da manhã, a música era horrível.... A vontade foi fazer meia volta ali mesmo. Mas a atração humana pela Roubada falou mais alto e decidi entrar. Com dor no coração, falei que pagava os R$ 45 de entrada... para entrar num galpão abandonado e sem sequer uma janelinha por onde pudesse entrar ar puro. Devia ter um lei que proibisse alguém de usar o nome de uma boa banda de Rock para batizar um terreiro de música Techno! Talvez eu ligue para o Conar, isso é propaganda enganosa no mínimo.

    Lá dentro, devo confessar que nem em pesadelo eu imaginava que pudesse haver uma balada tão ruim. O lugar era só as paredes, nem um lugarzinho para sentar sequer. A música, além de ruim, estava num volume tão alto que eu não conseguia nem ouvir as orientações que o meu próprio cérebro tentava me passar. Fui ao banheiro, onde o som era um pouco menos alto, e, enquanto esvaziava a bexiga, consegui ouvir a orientação, que me dizia para voltar lá dentro e tentar pelo menos dar uns beijos na moça. Voltei para junto da moça e fiquei esperando acabar a música, para no breve intervalo entre uma música e outra conseguir iniciar uma conversa que pudesse nos levar a retomar o assunto de quarta-feira. Vinte minutos depois, nada da música acabar, e eu ali fingindo que estava dançando aquele Tuntz Tuntz dos infernos. Caracas, o que eu estou fazendo aqui? Comecei a olhar em volta e entendi porque se vende tanto ecstasy e outras drogas em festas de música eletrônica. Só estando mais louco que o Bozo para conseguir gostar disso. Ou então tendo menos neurônios que uma dançarina de Axé. Como nenhum dos dois casos era o meu, estava odiando aquilo. De repente, o DJ parou de tocar, e foi muito aplaudido!? Tentei iniciar a conversa mandando um “Nossa, o cara tocou uma só música de meia hora, parece até Rock Progressivo”. Ela me olhou muito feio e falou que o cara era um Gênio e que tinha tocado umas seis músicas. Fala sério, gênio aonde? As seis assim chamadas “músicas” eram todas iguais, sem ter sequer letra, e formadas basicamente por uma batida mega acelerada coberta por meia dúzia de barulhos eletrônicos. Harmonia e melodia simplesmente não existem. Até eu sei que música é ritmo, harmonia e melodia! Sem sacanagem, se eu quiser monto uma “música” daquelas no computador em 15 minutos! O outro DJ que entrou se agitava sem parar, e ficava mexendo com os braços numa mesa de som. Notei um monte de garrafas de RedBull na mesa. Fiquei na dúvida se ele estava tão agitado assim por ter bebido todo aquele energético ou se alguma garrafa daquelas tinha tombado sobre a parte elétrica da mesa e ele estava na verdade sendo eletrocutado ali, ao vivo, sem ninguém notar. Obviamente que por mais que ele mexesse na mesa, o som não mudava uma vírgula sequer, fiquei com a sensação que era puro playback.

    Meu lado empresário me fez pensar em abrir uma balada daquelas. Arrumo por preço de banana um galpão abandonado, cobro R$ 50 de cada bobo que quiser entrar, aproveito que este povo é tudo doidão e vendo álcool de posto nas garrafas de vodka, a R$ 20 a dose, e, para completar, largo um Ipod lá tocando a música a noite inteira. Fiquei na dúvida só se eu faria como os caras e contrataria um ator para ficar ali fingindo que está tocando ou se colocava só um daqueles bonecos de posto de gasolina, que têm um ventilador embaixo e ficam agitando os braços. Ri sozinho da minha idéia, e, após este breve momento de descontração, realizei a roubada em que havia me metido e resolvi me mandar. A moça era linda, mas eu não ia conseguir ser simpático nem tentando, minha paciência já tinha tomado no cu. O melhor a fazer era dar tchau e ficar na esperança de um dia conseguir marcar um cinema ou um barzinho. Esta eu acho que é a única diferença da Roubada de dia das mães para todas as outras. O roteiro é sempre parecido, a bonança vem antes da tempestade, mas mãe é mãe, então nossa capacidade de agüentar a roubada é maior.

    sexta-feira, 14 de maio de 2010

    Confissões...


    Ah! Padre, aqui estou para me confessar
    E dizer que por esses dias desnorteado fiquei
    Por ouvir, de algumas más bocas, falar
    Que por aquela linda moça pequei.

    Ah! Padre, sempre a dei a maior importância
    E por ela sempre estive apaixonado
    E dessas más bocas tenho repugnância
    Pois essas dizem-me que amar é pecado!

    Ah! Padre, não sei mais o que lhe falar
    Sei apenas que estou embaraçado...
    Nem Deus precisa me perdoar;
    Se para vocês amar é pecado
    Desculpe-me, ainda irei pecar!

    domingo, 9 de maio de 2010

    Feliz (?) Dia das Mães

     
    (Se não fosse um metrô, iria jurar que fosse um restaurante em pleno Dia das Mães)

    Hoje foi dia das mães, e muita gente deve ter passado por aquela roubada que é sair para almoçar com a mãe neste dia. Pior que todo ano é igual, e continuamos insistindo no mesmo erro. O roteiro é previamente conhecido, igual novela das oito, e mesmo assim ficamos fingindo que não sabemos como vai acabar.
    Começa tudo bem, a família se encontra na casa da mãe mais velha da família, fica jogando conversa fora até todos os convidados chegarem e aí parte para algum restaurante bem grande, que no nosso tolo imaginário é tão grande que nunca vai ficar lotado. Em 86% dos casos, é uma churrascaria o local escolhido. Até esta parte, o programa é só felicidade.

    Aí chegamos ao restaurante e começa o calvário. Independentemente do horário, a fila de espera está interminável, mas o pessoal do restaurante insiste em definir como “30 minutinhos” de espera (Deve ter algum estudo que demonstre que os clientes só aceitam esperar 30 minutos... então este é o número que eles falam). Duas horas depois, estamos nos sentando à mesa, e aí sim começa o verdadeiro sofrimento. Descobrimos que aquele restaurante, que freqüentamos sempre, hoje está o caos. O garçom leva horas para aparecer, traz todos os pedidos errados, a comida está irreconhecível, a cerveja está quente, a criança da mesa ao lado chora e berra sem parar.

    Depois de tomar um café que parece ter sido coado na meia do garçom de tão ruim, pedimos a conta. Mais meia horinha e conseguimos a conta. Apesar do péssimo atendimento, o preço é até mais caro do que num dia normal! Outra meia horinha e conseguimos receber o carro do maldito manobrista. Mais um dia das mães que se vai. As mães parecem ser as únicas pessoas que estão se divertindo neste caos. Os mais bondosos dirão que é por causa da filharada reunida, mas às vezes eu acho que as mães estão é se vingando da nossa falta de atenção com elas no resto do ano, e que a aparente felicidade é na verdade sarcasmo puro. Um ano destes vou tentar tratar minha mãe bem o ano inteiro, para ver se no dia das mães ela fica com dó e faz um churrasco em casa ao invés de querer ir à churrascaria.

    sábado, 8 de maio de 2010

    Dia das Mães



    - às Mães que apesar das canseiras, dores e trabalhos, sorriem e riem, felizes, com os filhos amados ao peito, ao colo ou em seu redor; e às que choram, doridas e inconsoláveis, a sua perda física, ou os vêem “perder-se” nos perigos inúmeros da sociedade violenta e desumana em que vivemos; 

    - às Mães ainda meninas, e às menos jovens, que contra ventos e marés, ultrapassando dificuldades de toda a ordem, têm a valentia de assumir uma gravidez - talvez inoportuna e indesejada – por saberem que a Vida é sempre um Bem Maior e um Dom que não se discute e, muito menos, quando se trata de um filho seu, pequeno ser frágil e indefeso que lhe foi confiado; 


    - às Mães que souberam sacrificar uma talvez brilhante carreira profissional, para darem prioridade à maternidade e à educação dos seus filhos e às que, quantas vezes precisamente por amor aos filhos, souberam ser firmes e educadoras, dizendo um “não” oportuno e salvador a muitos dos caprichos dos seus filhos adolescentes; 


    - às Mães precocemente envelhecidas, gastas e doentes, tantas vezes esquecidas de si mesmas e que hoje se sentem mais tristes e magoadas, talvez por não terem um filho que se lembre delas, de as abraçar e beijar...; 


    - às Mães solitárias, paradas no tempo, não visitadas, não desejadas, e hoje abandonadas num qualquer quarto, num qualquer lar, na cidade ou no campo, e que talvez não tenham hoje, nem uma pessoa amiga que lhes leia ao menos uma carta dum filho...; 


    - também às Mães que não tendo dado à luz fisicamente, são Mães pelo coração e pelo espírito, pela generosidade e abnegação, para tantos que por mil razões não tiveram outra Mãe...e finalmente, também às Mães queridíssimas que já partiram deste mundo e que por certo repousam já num céu merecido e conquistado a pulso e sacrifício...
     
    A todas as Mães, a todas sem excepção, um Abraço e um Beijo cheios de simpatia e de ternura! E Parabéns, mesmo que ninguém mais vos felicite! E Obrigado, mesmo que ninguém mais vos agradeça!

    sexta-feira, 7 de maio de 2010

    Com vo-vocês! La-lady Ga-ga-gahhh!!!!

    Pois é... Tenho recebidos alguns e-mails de amigos e grande parte deles é dizendo "por favor, volte a escrever a coluna 'Ganha muito e não faz nada!' Atendendo aos pedidos, aqui está (confesso: também adoro esse quadro!)

    Essa semana, quem mais poderia ser além que ela (?) LADY GAGA!

    Stefani GaGa ou DaDa Angelina Jolly Gabriella Gergulosa  mais conhecida como Lady DaDa (Março de 1986) - é uma dubladora  cantora de Dance-pop e Eletrônica de contrato assinado com a gravadora Interscope Records/Universal (que lhe ofereceu peruca, óculos e outras parafernálias eletrônicas  de graça!).

    Lady Gaga é uma drag queen fazendo dublagem mal feita de artistas decadentes como Kylie Minogue, Copélia e Christina Aguilera. Trata-se de mais uma destas jovens transexuais que fazem sucesso no mundo da Bitch Music, em especial por agradar onanistas retardados como você que a acham gostosa.

    A origem incerta de Lady Gaga foi quando o então seu pai Freddy Gay Mercury, irmão mais velho de Daniela Mercury, tinha composto uma música para sua filha, 'Radio Gaga', uma retardada que fez parceria com Ed Harris no filme, 'meu nome é Radio'. Toda vez que seu pai cantava a música 'Radio Gaga', ele incitava a frase:'Someone Still Love you', na qual Freddy em cartas póstumas, dizia que era Gay e não podia citar coisas negativas em suas músicas, então a frase ficava sem a demonstração no fim dela, ou melhor, ficava sem o DEMO depois de 'Someone still love you'. Lady Gaga matou o seu pai Freddy ao sair amaldiçoada do filme:'O bebê de Rosemary', na qual estreou fracassadamente como uma atriz besta, ou melhor: Anta. Depois de ser amaldiçoada ela consegue convencer ao público que sua música é a das melhores. Além de usar Perucas Lady para esconder a feiúra, gagueja, solta peidos, caga nas calças e joga o cocô no lado hardcore da platéia!! No lado emocore ea tira sua única calcinha e a joga para seus emotivos fãs que sempre ao final de cada show recebe um coleção de perucas Lady para fazer franjinha na testa!!! Uma curiosidade de Gaga é que Freddy ao escutar o desenho Looney Tunes pelo Rádio, na década de 50, era fã do personagem suíno Gaguinho, que também lembra o caráter da cantora que além de chauvinista, tinha uma boceta mais podre que o chiqueiro!!



    Ex-personagem dos Muppets, fez a Porca Pig, mas desistiu dessa carreira de sucesso depois que esses desenhos antigos deixaram de ser preferência nacional (se é que foram algum dia!) e foram substituídos por coisas melhores - ou não.
    O fato é que ela é mais uma daquelas porcarias comerciais cuja única utilidade é colocar $$ no bolso do produtor musical, merda na sua cabeça de cima e esperma na cabeça de baixo, para você ficar cantando como uma bicha louca e retardada sob efeito de ecstasy, gatinhos e outras coisas alucinógenas.


    Biografia
    (Será que ela é?)

    Quando criança, Lady DaDa frequentou o internato da escola privada Convento do Sagrado Coração  e quase virou freira. Não era esse o desejo dela, mas os seus pais a obrigaram por ter tido um envolvimento com Britney Sperms quando pequena.

    Nesse convento aprendeu a tocar piano (e outras coisitas mais) e ela aperfeiçoou mais a sua técnica sexual depois de comer várias vezes o Padre Fábio de Melo. Aos 17 anos foi para a Universidade de Artes de Nova York, onde supostamente estudou música, abandonando aos 18 para virar stripper.

    Antes de lançar seu primeiro single, Lady DaDa ganhava uns trocados escrendo qualquer coisa para as canções de artistas da Interscospe/Universal como as Pussycat Dolls, mas com as sucessivas flopadas delas e a falta de dinheiro em caixa, Lady DaDa acabou sendo convidada para fazer parte do cast da Interscope/Universal, que já estava quase falindo.

    A sua aparição no mundo pop foi toda planejada. Britney Sperms – cantora a qual já teve muitos envolvimentos, em todos os sentidos – estava esperando o cabelo crescer de sua careca quando Lady DaDa se ofereceu para entrar na mídia como uma puta insuportável que ninguém aguentaria e, por isso, todos implorariam pela volta de Britney. Britney concordou. Infelizmente, o público adora putas insuportáveis, e Lady DaDa só ficou mais famosa (e mais RoDaDa).

    A partir daí ela percorreu em todas baladas de Nova York lançando o seu single Just Dance (Já dei). No dia 4 de Abril (ou Abril de 4?), lançou esse single Just Dance (Já dei), do seu debut álbum, The Fame (A franja). Performou no Miss Universo 2008 no Vietnã (com aquela roupa quadrada, uma armadura e o bigodinho de hitler) cantando sua primeira e única canção de grande sucesso.

    Quando Lady DaDa começou a fazer sucesso (infelizmente), a Cretina Aguilera passou a odiar ela ainda mais, porque a Lady DaDa ja deu várias vezes para as namoradas dela (Paris Hilton e Britney Spears) e ai ficou aquela guerrinha de pobre, a famosa briga de peruca mais bonita, mas quando Carla Perez entrou na briga, as duas deram pro Xandy, e até hoje Carla Perez continua dando no puteiro, tirando uns 3 reais por cada programa, enquanto Lady DaDa e Cretina Aguilera ganhavam 125 reais por cada programa, foi ai que a briga começou tudo de novo.


    Pussycat Dolls... Falando nelas, Lady já teve até um caso secreto com Nicólica Scherzinger, e ainda fez uma participação com um casal de lésbica do grupo.


    Cú-Riosidades:


    1. Lady DaDa é bissexual, pedófila, necrófila, masoquista e zoofilia, além de sofrer também de gerontofilia, coprofilia, urofilia e emotofilia.
    2. Ela nasceu gaga, mas curou sua gagagueira, com um misterioso método desenvolvido pelo fonoaudiólogo das Estrelas Dr° Kid Bengala, em 282 sessões ao longo de sua vida.
    3. Já transou 17 vezes com o dono da gravadora Interscospe Records/Universal. E isso só hoje.
    4. Já fez tesourinha com Britney Sperms na presença de Justin Cornerlake.
    5. Lady DaDa é a única mulher que transou com Nicólica Scherzinger.
    6. A peruca de Lady DaDa foi feita de extrusora – material retirado do fígado da Vaca Moh Moh Mah Mah e usado na confecção de camisinhas.
    7. A crítica insana a qualificou como nova substituta de Putonna, posto antes ocupado por Bitchney Sperms.
    8. É transexual.
    9. Foi criada em um laboratório na Mongólia, mesma origem de Marilyn Manson.
    10. É irmã gêmea da Ashlee Simpson, mas nega suas origens com muita chapinha e photoshop.
    11. Não precisa ser um dançarino profissional para trabalhar com Lady Gaga
    12. Além de péssima cantora, GaGa também mostra genialidade em outro ramo - A Matemática. Confira a seguir uma de suas maiores contribuições para o ramo: Lei de Gaga - (RAH)² (AH)³ + RO (MA) + RO (MA)² + (GA)² + OOH(LA)² = Bad Romance. É claro que ninguém entende essa merda.



    Pesquisar este blog

    Você vai marcar a primeira opção?