segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Se eu fosse...

Se eu fosse um mês: julho
Se eu fosse um dia da semana: Segunda
Se eu fosse uma hora do dia: 08 hs
Se eu fosse uma estação: inverno
Se eu fosse um planeta: marte
Se eu fosse uma direcção: Sul
Se eu fosse um móvel: fogão
Se eu fosse um pecado: Gula
Se eu fosse um sentido: Tato
Se eu fosse uma pedra: esmeralda
Se eu fosse uma árvore/Planta: boldo
Se eu fosse uma flor: cravo
Se eu fosse um clima: Tropical
Se eu fosse um prato: Peixe cru
Se eu fosse um instrumento musical: bateria acústica
Se eu fosse um elemento: fogo
Se eu fosse uma cor: vermelho
Se eu fosse um animal: Peixe
Se eu fosse um som: Surdo
Se eu fosse um sentimento: Amor
Se eu fosse um lugar: meu quarto de luz apagada
Se eu fosse um sabor: Azedo
Se eu fosse uma palavra: Tudo
Se eu fosse um verbo: Executar
Se eu fosse um objeto: mouse
Se eu fosse uma parte do corpo: Mãos
Se eu fosse um número: 11
Se eu fosse um Símbolo: ...

sábado, 26 de setembro de 2009

Curso para Mulheres

Parte I – Introdução
  • Você pode fazer compras em menos de 4 horas - Noções básicas 
  • "Já está pronta ?" - Definição da palavra "sim" 
  • Estabelecendo limites - O uso da maquiagem 
  • Álgebra Linear Avançada - Você e o vídeo cassete

Parte II - Aprendendo a dirigir
  • Mudança de marcha - O guia completo
  • Tudo o que você queria saber sobre lado esquerdo/direito mas tinha medo de perguntar 
  • Sinalizar antes de virar - Aprendendo através de exemplos 
  • O jogo das cores - Conhecendo o semáforo 
  • Você e o poste - Como evitá-lo

Parte III - Vida a dois

  • TPM - O problema é seu, e não meu ! 
  • Futebol - Não é apenas um jogo, é sagrado 
  • Como ganhar o seu próprio dinheiro - Visão geral 
  • Por que a sua mãe não é bem-vinda - 100 exemplos comentados 
  • Agendando a vida sexual - Porque todo dia é dia de Pomarola 
  • Aqui se faz, aqui se paga - O uso correto do cartão de crédito

Parte IV - Módulo avançado

  • Largando o vício das novelas - Terapia de desintoxicação cerebral 
  • O fenômeno do tempo - A janta na hora da janta 
  • O uso do telefone - Alternativas inovadoras para solucionar o problema

    Parte V - Pós-Graduação
    • Organizando sua bolsa - Com exercícios práticos 
    • Cozinha, o seu habitat natural 
    • Não obrigue seu marido a mentir - Evitando perguntas do tipo "Como ficou ?" 
    • Aprenda a ser sincera: você também solta pum - Terapia de grupo


      Para mais informações dos cursos oferecidos pelo Informal e Ilegível, ligue: 0800-7070-70

      Se você não conseguir, "cê tenta" de novo!

      sexta-feira, 25 de setembro de 2009

      Notícia Urgente!

      Amanhã, entrará em ação o blog Cultura em Primeiro Lugar. Nele, toda semana comentaremos sobre os mais diversos assuntos. Poderá ser um livro, uma peça teatral, um filme ou documentário, música, ou até mesmo um acontecimento!
      O endereço é: culturaemprimeirolugar.blogspot.com

      O grupo de escritores já está formado! E você também poderá participar! mande o seu comentário. Ou, se tiver alguma sugestão, envie-a para culturaemprimeirolugar@yahoo.com.br

      Não se esqueça: dia 26 de setembro entrará para a história! Que isso! Também não é para tanto. Será?

      domingo, 20 de setembro de 2009

      Mais Alguns Livros...


      Aqui perto de onde moro, tem um rapaz que sempre arrecada livros doados para quue ele possa vender. Segundo ele, essa é a única forma de ele conseguir um dinheirinho, pois está desempregado.
      Mas isso não importa. Até porque falarei sobre os livros, e não dele.

      Essa semana, quando passei pela sua bancada, ele me chama dizendo que chegara uns livros muito bons.
      Eu, que sou cliente dele há muito tempo, falei que teria que ir petshop para comprar ração dos meus pássaros e depois passaria.

      Como o prometido, voltei e fui ver os livros.
      Realmente eles estavam muito bem conservados. Parecia que o dono deles lera e depois os dera ao rapaz. Só não dava para falar que eram direto da livraria porque em um deles estava com o nome do dono na segunda página.
      São eles: Assim Falou Zaratustra, de Friedrich Nietzsche; The Secret, de Rhonda Byrne e O Livreiro de Cabul, de Âsne Seierstad.

      E o melhor: cada um vale na livraria, em média, R$42. Ou seja, comparia-os por, no mínimo,  R$120.
      Economizei R$108. Isso mesmo: paguei apenas R$12!
      Isso é que é saber fazer negócio... Ou melhor, isso é que é ter sebo perto de casa!

      sexta-feira, 18 de setembro de 2009

      Dúzia??? Nunca Mais!!!


      Quem deve estar muito triste hoje são as donas de casa que iriam fazer compras na próxima segunda-feira nas feiras de São Paulo. Para quem não sabe, por lá, uma fruta muito conhecida por todos os brasileiros, deverá passar a ser vendida pela sua massa!

      Pois é, a banana deixará de ser vendida a dúzia.
      Ontem estava vendo uma matéria, onde o repórter, muito interessado no tema, pergunta a um feirante o que este achava sobre a venda da banana por peso.
      Ele respondeu, mais ou menos assim:
      - Eu acho muito ruim, porque nós - os feirantes - compramos por caixas. E em cada caixa tem o número certo de pencas. Às vezes, as pencas vêm com 13 ou 14 bananas...
      E o repórter:
      - Então, o consumidor saía no lucro...
      - Claro! E nós saíamos no prejuízo porque não podíamos tirá-las! Agora sim, não ficaremos no preju, porque a população pagará pelo que consumirá. Ainda não sabemos o preço por quilo, mas logo entraremos em um acordo (???) com a organização dos feirantes.

      Não entendi muito o que ele quis dizer, pois o feirante começa dizendo que é ruim, depois que é bom...
      E depois, quem disse que é para ter acordo? Tendo acordo, não se tem concorrência, e sem ela, os preços permanecerão os mesmos. Nós, consumidores não queremos os produtos pelo mesmo preço. Queremos os melhores pelo menor preço!

      Agora, se continuar assim, a banana não será mais vendida a preço de banana!

      terça-feira, 15 de setembro de 2009

      Brasileiro reclama de quê, afinal?

       O BRASILEIRO É ASSIM....



      - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
      - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.
      - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.
      - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, dentadura.
      - Fala no celular enquanto dirige.
      -Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.
      - Para em filas duplas, triplas em frente as escolas
      - Viola a lei do silêncio.
      - Dirige após consumir bebida alcoólica.
      - Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.
      - Espalha mesas, churrasqueira nas calçadas.
      - Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.
      - Faz gato de luz, de água e de tv a cabo.
      - Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes   irrisórios, só para pagar menos impostos.
      - Compra recibo para abater na declaração do imposto de renda para pagar menos imposto
      - Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.
      - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede nota de 20.
      - Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.
      - Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.
      - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.
      - Compra produto piratas com a plena consciência de que são piratas.
      - Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.
      - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.
      - Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA
      - Freqüenta os caça-níqueis e fazem uma fezinha no jogo de bicho.
      - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos como clipes, envelopes, canetas, lápis.... como se isso não fosse roubo.
      - Comercializa os vales transportes e vale refeição que recebe das empresas onde trabalha.
      - Falsifica tudo, tudo mesmo.. só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado...
      - Quando volta do exterior, nunca fala a verdade quando o policial pergunta o que traz na bagagem...
      - Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

      E querem que os políticos sejam honestos.... se escandalizam com a farra das passagens aéreas... Estes políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo... ou não ? 

      Brasileiro reclama de quê, afinal?

      domingo, 13 de setembro de 2009

      Quer Pagar Quanto?

      Acima, Sede mundial da IURD
      Anteontem completou-se oito anos do atentado ao World Trade Center, as conhecidas Torres Gêmeas. Mas não é sobre isso que irei falar. O assunto é a Igreja Universal do Reino de Deus. Ou melhor, qualquer religião que cobra para que o fiel acredite no que eles querem que você acredite.
      Acho tão bonito quando o pastor ou padre fala a tal "palavra de Deus" e como é lindo o paraíso. Mas é impressionante o que você deve fazer para chegar até lá.

      Quem disse que dez porcento de tudo o que ganho deve ir para Deus? Outro dia estava passando os canais de televisão e um deles estava em seu horário religioso. E o pastor, pedindo: "Seja nosso patrocinador!" Realmente tenho de ser patrocinador da Igreja para ir aos céus?
      Será que só o fato de ser  bom aqui na terra e de não cometer pecados não me levará para lá? Não. A Igreja ganha mais se você pecar! Se não fosse assim, por que teria o pagamento das indulgências?

      Será que posso mesmo comprar o meu lugar no céu? Se for assim, quero um duplex, com vista para um lugar bem bonito e que tenha seguranças na porta - não quero que nenhum integrante do PSC (Pecadores Sem-Céu) invada!

      Há algum tempo, meu amigo que é pastor acabou ficando pobre. E ele dizia: "Isso tudo é culpa de Deus! Ele não olha mais por mim!" Definitivamente, não entendi porque ele dizia aquilo. Será que Deus, o todo poderoso e perfeito deu um golpe nele? E ele, sendo pastor, não deveria ser inocente em relação a isso - até porque o exemplo sempre deve vir de cima.

      Para mim, religião não deve ter na a haver com dinheiro. Assim como a política e a parte financeira não deve se intrometer com a religião. Quem não se lembra quantas "bruxas" foram mortas quando a Igreja mandava?

      PS: Tenho um conto bem interessante que demonstra um pouco da intervenção da religião na política - o que acho muito errado.
      O texto se chama "Um Entardecer em Chamas" e foi escrito há pouco tempo, no dia 28 de agosto.
      Segue o link:
      http://informaleilegivel.blogspot.com/2009/08/um-entardecer-em-chamas.html

      segunda-feira, 7 de setembro de 2009

      Independência ou Morte...

      "Independência ou Morte" ou "O Grito do Ipiranga" de Pedro Américo (óleo sobre tela, 1888)
      Não tenho muito o costume de falar sobre mim aqui no blog, mas tenho que reconhecer: este feriadão prolongado foi um dos piores de minha vida!
      Mas, deixando o pessoal de lado...
      Há alguns dias postei um vídeo da cantora Vanusa atropelando o nosso Hino Nacional. Mas o pior de tudo é que, há muitas pessoas que além de perder o ritmo, não sabem sequer a letra - e nem o que algumas palavras significam!

      O Hino já começa assim:
      "OUVIRAM DO IPIRANGA AS MARGENS PLÁCIDAS" 
      (Plácidas?)

      "DE UM POVO HERÓICO O BRADO RETUMBANTE"
      (Braço?!?! Ahhhh, é brado! Que isso mesmo?)

      "E O SOL DA LIBERDADE, EM RAIOS FÚLGIDOS"
      (O raio está fugido? Foragido?)

      "SE O PENHOR DESSA IGUALDADE"
      (Ao invés de penhor, fica melhor senhor!

      Bem, acho melhor mparar por aqui, senão quando chegarmos na segunda parte não saberemos nem qual o ritmo de cada estrofe.

      sexta-feira, 4 de setembro de 2009

      Postagem Coletiva

      O que realmente acontece dentro da Igreja Universal do Reino da Exploração
      Eu sei que já coloquei essa foto em outras postagens, mas ela realmente é a melhor charge que existe sobre a Igreja Universal do Reino da Exploração de Deus.
      Bem, mas o que importa é que, vendo tudo o que está acontecendo pelo mundo religioso, a postagem coletiva deste mês é sobre a fusão da religião com o empreendedorismo.
      Será que a fé vale o preço que os fiéis pagam?
      A postagem coletiva será realizada entre os dias 11 e 14 de setembro.
      PS: Se você tem alguma sugestão para a próxima postagem coletiva, mande-a para o e-mail informaleilegivel@yahoo.com.br

      quarta-feira, 2 de setembro de 2009

      Exemplo de Patriotismo...

      Uma das releituras mais bonitas que já vi do Hino Nacional Brasileiro!!!
      Brincadeira! É claro que não foi...
      Vanusa se perdeu toda no meio da letra! Nem mesmo o músico conseguiu ajudá-la!
      CONFIRAM!

      terça-feira, 1 de setembro de 2009

      O Brasileiro Merece...

      Brasileiro é um povo solidário. Mentira. Brasileiro é babaca. Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida; pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza; aceitar que ONG´s de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade; não protestar cada vez que o governo compra um colchão para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária. É coisa de gente otária.

      Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão. Fazer piadinha com as imundícies que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada. Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai. Brasileiro tem um sério problema. Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

      Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira. Brasileiro é vagabundo por excelência.

      O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo. O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe - lá no fundo - que se estivesse no lugar dele faria o mesmo. Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal maioria dos beneficiários do bolsa família) não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo.

      Brasileiro é um povo honesto. Mentira. Já foi, hoje é uma qualidade em baixa. Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente você irá preso. Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas. O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.

      O Brasil é um pais democrático. Mentira. Num país democrático a vontade da maioria é Lei. A maioria do povo acha que bandido bom é bandido morto, mas sucumbe a uma minoria barulhenta que se apressa em dizer que um bandido que foi morto numa troca de tiros, foi executado friamente. Num país onde todos tem direitos, mas ninguém tem obrigações, não existe democracia e sim, anarquia. Num país em que a maioria sucumbe bovinamente ante uma minoria barulhenta, não existe democracia, mas um simulacro hipócrita. Se tirarmos o pano do politicamente correto, veremos que vivemos numa sociedade feudal: um rei que detém o poder central (presidente e suas MPs), seguido de duques, condes, arquiduques e senhores feudais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, vereadores). Todos sustentados pelo povo que paga tributos que tem como único fim, o pagamento dos privilégios do poder. E ainda somos obrigados a votar. Democracia isso? Pense nisso!!!

      O famoso jeitinho brasileiro. Na minha opinião um dos maiores responsáveis pelo caos que se tornou a política brasileira. Brasileiro se acha malandro, muito esperto. Faz um "gato" puxando a TV a cabo do vizinho e acha que está botando pra quebrar. No outro dia o caixa da padaria erra no troco e devolve 6 reais a mais, caramba, silenciosamente ele sai de lá com a felicidade de ter ganhado na loto...malandrões, esquecem que pagam a maior taxa de juros do planeta e o retorno é zero. Zero saúde, zero emprego, zero educação, mas e daí? Afinal somos penta campeões do mundo né? Grande coisa...

      O Brasil é o país do futuro. Caramba, meu avô dizia isso em 1950. Muitas vezes cheguei a imaginar em como seria a indignação e revolta dos meus avôs se ainda estivessem vivos. Dessa vergonha eles se safaram... Brasil, o país do futuro. Hoje o futuro chegou e tivemos uma das piores taxas de crescimento do mundo.

      Deus é brasileiro. Puxa, essa eu não vou nem comentar... O que me deixa mais triste e inconformado é ver todos os dias nos jornais a manchete da vitória no primeiro turno do governo mais sujo já visto em toda a história brasileira.

      Para finalizar tiro minha conclusão:

      O brasileiro merece! Como diz o ditado popular, é igual mulher de malandro, gosta de apanhar. Se você não é como o exemplo de brasileiro citado nesse comentário, meus sentimentos amigo, continuemos fazendo nossa parte, e que um dia pessoas de bem assumam o controle do país novamente, aí sim teremos todas as chances de ser a maior potência do planeta. Afinal aqui não tem terremoto, tsunami nem furacão. Temos petróleo, álcool, bio-diesel, e sem dúvida nenhuma o mais importante: água doce!

      Só falta boa vontade. Será que é tão difícil assim?

      Pesquisar este blog

      Você vai marcar a primeira opção?