quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Lançamento!!!

(Imagem meramente ilustrativa)


Sim, nós agora vendemos nada. Compre nada agora mesmo. Surpreenda seus amigos, use nada! Nada é prático e fácil de limpar. Divirta-se com nada!

Essa é a sua oportunidade de comprar nada!
Veja as formas de pagamento:
À Vista: R$399,90
2X de R$199,90
3X de R$139,90
5X de R$79,90
10X de R$39,90

É muito barato!!!
Acesse agora mesmo "comprenada.com" e compre nada para você, seus amigos e seus familiares.

(Atenção: este produto pode causar asfixia, não mantenha-o no pulmão por mais que alguns segundos.)

NÃO DEIXE DE COMPRAR NADA!!!!

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Mais uma sugestão para esse feriadão!


Uma outra sugestão para esse feriadão é "Uma Verdade Inconveniente" (An Inconvenient Truth, em inglês), um documentário de 2006 sobre mudanças climáticas, mais especificamente sobre o aquecimento global, dirigido por Davis Guggenheim e estrelado pelo ex-vice-presidente dos EUA Al Gore.

"Uma Verdade Inconveniente" busca alertar as pessoas para o que está a acontecer no nosso planeta. O assunto principal deste documentário é o Aquecimento Global, e assim sendo este recorre a assuntos como o Protocolo de Kioto, referente às emissões de CO2 para a atmosfera terrestre (ao qual os EUA não aderiram), de como podemos minimizar essas perdas desnecessárias de CO2, e muitas outras coisas. Após muitas palestras, por diversos países em todos os continentes do Mundo, Al Gore decidiu fazer este documentário, para assim poder sensibilizar mais pessoas para a sua causa. Este afirma que o Planeta deve ser estimado... e que cabe a quem o habita tomar conta daquilo que é seu e das suas gerações futuras.

Uma boa pedida para esse feriadão!


Uma boa pedida para esse feriadão é "Fahrenheit 9/11", um documentário estrelado e dirigido pelo cineasta estadunidense Michael Moore. Ele fala sobre as causas e consequências dos atentados de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos, fazendo referência a posterior invasão do Iraque liderada por esse país e pela Grã-Bretanha. Além disso, tenta decifrar os reais alcances dos vínculos que existiriam entre as famílias do presidente George W. Bush e a de Osama bin Laden.

O título do filme faz referência ao livro Fahrenheit 451 (233ºC, que representa a temperatura que arde o papel), escrito em 1953 por Ray Bradbury, e também aos atentados de 11 de setembro de 2001, já que "11/9" se escreve "9/11" nos países de língua inglesa.

Sugerindo "a temperatura que arde a liberdade", este documentário ressalta especificamente a relação entre a família Bush e pessoas próximas a ela, com membros de eminentes famílias da Arábia Saudíta (incluindo a família de Bin Laden) em uma relação que se estende durante mais de trinta anos, assim como a evacuação de familiares de Osama bin Laden organizada pelo governo de George W. Bush depois dos ataques de 11 de setembro. Se bem que essa relação de negócios entre os clãs Bush e Bin Laden não é discutida, a mesma não é amplamente conhecida.

A partir daí, o filme da pistas sobre as verdadeiras razões que tem impulsionado o governo Bush para invadir o Afeganistão em 2001 e Iraque em 2003, ações que, segundo Moore, correspondem mais a proteção dos interesses das indústrias petrolíferas norteamericanas que o desejo de libertar os respectivos povos ou evitar potenciais ameaças. O documentário insinua que a guerra com o Afeganistão não teria como principal objetivo capturar os líderes da Al Qaeda e sim favorecer a construção de um óleoduto, e que o Iraque não era no momento da invasão uma ameaça real para Estados Unidos senão uma fonte potencial de benefícios para as empresas norteamericanas.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Um ano de Informalidade!!!


Pois é!!!
Parece brincadeira, mas o Informal e Ilegível está completando o seu primeiro ano de vida!
Para quem nem sabia o que escrever, até que foi fácil. Difícil, agora, é parar!

Então, parabéns a todos que fazem diariamente esse blog crescer!!!!
Um abração!
Ahhh! Esse é só primeiro ano! Continue ligado, pois vem muito mais por aí!
FUI!!!!!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

No estilo poético, o que seria o peido?

O que é o peido?
O peido é o aviso da natureza dizendo que vem merda!
O peido é o grito desesperado da merda querendo sair!
O peido é o telegrama sonoro que vem da cidade do intestino avisando ao chefe bunda que tem bosta saindo!
Peido é um arroto que desceu de elevador!
O peido é o suspiro de um ânus apaixonado.

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Música Para os (nossos) Ouvidos...


A minha alma tá armada
E apontada para a cara do sossego
Pois paz sem voz (Pois paz sem voz)
Não é paz é medo

[...]

As grades do condomínio
São para trazer proteção
Mas também trazem a dúvida
Se é você que está nessa prisão


Trechos da música "Minha Alma"
do grupo O Rappa

Pesquisar este blog

Você vai marcar a primeira opção?